sexta-feira, março 22, 2019
Home Blog Página 3

Estará Vinicius Lanza pronto para fazer história no NCAA?

0

Com a divulgação dos convocados oficiais para o Campeonato Universitário Americano do NCAA Divisão I masculino, entre os oito brasileiros convocados, um deles, Vinicius Lanza, atleta da Universidade de Indiana merece um destaque especial.

Lanza está classificado no top 2 das suas três provas e lidera o ranking nacional na prova dos 200 borboleta. Seu balizamento indica:
200 jardas medley – 1:41.05 balizado com o 2o tempo
100 jardas borboleta – 44.90 balizado com 2o tempo
200 jardas borboleta – 1:39.28 balizado com o 1o tempo

Duas medalhas de bronze no ano passado, nas 100 e 200 jardas borboleta, Lanza vai em busca de um título do NCAA que não é conquistado por um nadador brasileiro na Divisão I deste 2014 quando João de Lucca de Louisville venceu as 100 e 200 jardas livre.

Na história dos brasileiros no NCAA Divisão I, jamais tivemos um campeão das 100 jardas borboleta, e um mesmo nadador, Ricardo Prado, conseguiu vencer uma vez a prova das 200 jardas borboleta (1:44.96) em 1983 e as 200 jardas medley (1:47.95) em 1984. Pradinho nadava pela Southern Methodist University.

Este é o quarto e último ano de elegibilidade de Vinicius Lanza. Nestes três anos, ele tem sido o melhor brasileiro no NCAA tendo quebrado os recordes brasileiros em jardas nas três provas por diversas vezes. Na Conferência Big Ten, há três anos Lanza é premiado como o melhor nadador da competição.

Para o NCAA deste ano, um novo desafio para a sua equipe, a Indiana University. A equipe comandada por Ray Looze está projetada para fazer o melhor resultado dos últimos 40 anos do NCAA. Na previsão de pontuação baseada pelo balizamento, Indiana termina em segundo lugar com 354 pontos. Na sua frente, a Califórnia com 402 e em terceiro, o Texas com 312 pontos.

Se Indiana chegar em segundo lugar será o melhor resultado da universidade desde o NCAA de 1975. A última vez que Indiana foi campeã do NCAA foi em 1973, 46 anos.

Cerimônia de inauguração dos Jogos Sul-Americanos de Praia

0

Fotos da cerimônia de abertura dos Jogos Sul-Americanos de Praia inaugurados ontem em Rosário, na Argentina.

Bruno Fratus confirmado para o TYR Derby Pro Swim Meet

0

Bruno Fratus vai estar novamente no TYR Derby Pro Swim Meet, uma semana depois do Troféu Brasil, em Louisville, Kentucky. A competição organizada pela TYR junto com a Universidade de Louisville reúne alguns dos melhores velocistas do mundo para um torneio “dash for cash” em provas de 50 metros nado livre eliminatórias com premiação em dinheiro.

No ano passado, Fratus ficou em segundo lugar, perdendo na final para Michael Andrew.
Aqui você vê as três provas de Bruno Fratus na edição do ano passado:

Best Vídeo: Veja as 3 provas de Bruno Fratus no TYR Pro Derby

Ryan Lochte já foi anunciado como o mestre de cerimônia do evento. O nadador americano que é patrocinado pela TYR segue suspenso e impedido de competir e treinar até julho deste ano. Lochte já havia sido o mestre de cerimônia do ano passado.

Entre os atletas já confirmados para o evento, além do brasileiro Bruno Fratus: Ryan Held, Shinri Shioura, Michael Chadwick, Dylan Carter, Roland Schoeman, Lia Neal, Margo Geer, Farida Osman, Kendyl Stewart e Madison Kennedy.

Mais detalhes do evento no site oficial da competição:
https://www.derbyproswim.com

Yasmin Preusse prata no 4×100 medley no D2 NCAA (atualizado)

1

Yasmin Preusse foi prata no revezamento e sem medalhas brasileiras individuais no segundo dia de disputa do Campeonato Americano Universitário NCAA Divisão II em andamento até sábado em Indianápolis. Na etapa desta quinta-feira, o melhor resultado individual foi de Victor Rocha Furtado quarto colocado nas 100 jardas borboleta. Furtado havia ganho a medalha de prata nos 50 livre nas finais do dia anterior.

Entre os destaques do dia, o alemão Marius Kusch, que nada pela equipe de Queens, fez o 5o melhor 100 jardas borboleta da história com 44.32, novo recorde da Divisão II do NCAA.

Resultados dos brasileiros que chegaram as finais no segundo dia:
400 jardas medley masculino
6o João Ribeiro da Wayne State 3:51.44

100 jardas borboleta masculino
4o Victor Rocha Furtado da Florida Tech 47.08
6o Gabriel Souza da Grand Valley 47.27

4×100 jardas medley feminino
2o Drury com Yasmin Preusse fechando 50.56

Link para os resultados completos:
https://iunat.iupui.edu/content/Other-Information/LiveResults/index.htm

Todos os campeões das águas abertas nas Universíades

0

Não vamos ter a disputa das águas abertas nas Universíades deste ano. Mesmo assim, vale a pena recordar todos os campeões das provas desde que a modalidade entrou na edição de 2011. O Brasil participa desde a primeira edição e nunca subiu ao pódio na disputa.

ANO LOCAL MASCULINO FEMININO
2011 Shenzen, China Simone Ruffini, Itália Rachele Bruni, Italia
2013 Kazan, Rússia Matteo Furlan, Itália Ashely Twichell, Estados Unidos
2015 Gwangju, Coreia do Sul Anton Evsikov, Rússia Arianna Bridi, Itália
2017 Taipei, Taipei Gregorio Paltrinieri, Itália Anna Olasz, Hungria

Posições e escalações dos brazucas para o NCAA Divisão I

0

Veja a escalação e o posicionamento dos nadadores brasileiros classificados para disputar os Campeonatos Nacionais Americanos Universitários da Divisão I do NCAA:

Feminino, 20 a 23 de março, Austin, Texas
Maria Eduarda Sumida, Louisville
200 jardas medley 71o 1:59.01
400 jardas medley 33o 4:08.87
200 jardas borboleta 55o 1:59.15

Masculino, 27 a 30 de março, Austin Texas
Gustavo Santos, East Carolina
100 jardas borboleta 29o 45.83

Rodrigo Gomes Correia, Georgia Tech
100 jardas costas 17o 45.57
200 jardas costas 24o 1:40.94

Caio Pumputis, Georgia Tech
200 jardas medley 3o 1:41.28
100 jardas peito 15o 52.07
200 jardas peito 4o 1:51.46

Gabriel Fantoni, Indiana
100 jardas borboleta 24o 45.75
100 jardas costas 6o 44.91
200 jardas costas 8o 1:39.53

Vinicius Lanza, Indiana
200 jardas medley 2o 1:41.05
100 jardas borboleta 2o 44.90
200 jardas borboleta 1o 1:39.28

Luiz Gustavo Borges, Michigan
50 jardas livre 6o 19.11
100 jardas livre 30o 42.53

Henrique Painhas, Ohio State
100 jardas borboleta 25o 45.77
100 jardas costas 30o 46.06
200 jardas borboleta 30o 1:42.33

Giovanny Lima, Missouri
200 jardas livre 30o 1:34.21

Universíades 2019 não vai ter águas abertas

0

Alertados pelo treinador Fernando Possenti, técnico do COB e de Ana Marcela Cunha, as provas de 10 quilômetros de águas abertas não serão disputadas nas Universiades deste ano. A informação da prova havia sido divulgada na Blog do Coach e o regulamento da FISU, Federação Internacional Universitária, confirma a não realização das mesmas.

As águas abertas são disputadas nas Universiades desde a edição de 2011 em Shenzen, na China. Na última edição, disputada em Taipei, em 2017, a prova quase foi cancelada por conta das condições de temperatura do Canal de Taipei.

Com isso, para as Universíades 2019, de 3 a 14 de julho, na cidade de Nápoles, na Itália, serão 18 esportes. Na natação, termos o programa completo do Campeonato Mundial sem os revezamentos mistos, são 17 provas individuais por sexo e os três revezamentos por sexo.

Não há limite de provas por atleta na competição, limite de dois nadadores por prova desde que tenham o índice do evento. Veja o regulamento completo da competição:

napoli_2019_summer_universiade_regulations

Site oficial do evento:

https://www.universiade2019napoli.it/

 

797 atletas nos Jogos Sul-Americanos de Praia em Rosário

0

Começa hoje, em Rosário, na Argentina, a 4a edição dos Jogos Sul-Americanos de Praia com a presença de 797 atletas. O Brasil, campeão das duas primeiras edições, terceiro colocado na última em 2014, vai com 62 atletas.

Águas abertas viaja hoje para a Argentina e compete a partir de sábado.

PAÍS ATLETAS
ARGENTINA 118
ARUBA 10
BOLÍVIA 16
BRASIL 62
CHILE 110
COLÔMBIA 90
EQUADOR 73
PANAMÁ 8
PARAGUAI 77
PERÚ 77
SURINAME 4
URUGUAI 58
VENEZUELA 94
TOTAL 797

Best Memória: Pieter van den Hoogenband 41 anos

0

O maior nadador holandês da história, Pieter Cornelis Martijn van den Hoogenband, ou simplesmente Pieter Hoogenband está completando hoje 41 anos de idade. Natural de Maastrich, Limburg, no sul da Holanda, filho de mãe nadadora medalhista em campeonato europeu e pai médico, Hoogenband quase deixou a natação para também se dedicar a medicina.

A decisão que marcou sua carreira aconteceu nos Jogos de Atlanta, em 1996. Lá, aos 18 anos de idade, ao terminar em quarto lugar nos 50 e 100 metros nado livre, ao responder a demanda do pai se iria focar nos estudos ou na natação, optou pelo esporte.

Pódio dos 100 livre dos Jogos de Atenas 2004

Nasceria ali um nadador de 56 medalhas internacionais, oito medalhas olímpicas, três ouros, duas pratas e dois bronzes. Seus ouros foram os títulos dos 100 e 200 metros nado livre nos Jogos de Sydney em 2000 e os 100 livre dos Jogos de Atenas em 2004.

Veja alguns vídeos marcantes da carreira de Pieter Hoogenband:

100 metros nado livre nos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000, medalha de ouro

200 metros nado livre nos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000, medalha de ouro

200 metros nado livre nos Jogos de Atenas em 2004, medalha de prata

100 metros nado livre nos Jogos de Atenas 2004, medalha de ouro

Breno Correia faturou 2.500 dolares no TYR Pro Swim Series

3

Breno Correia já recebe ajuda de custo como atleta desde a sua época de Flamengo, mas os seus belos resultados no TYR Pro Swim Series em Des Moines, em Iowa, lhe incrementaram a sua conta bancária. Com a vitória nos 200 metros nado livre e a prata nos 100 metros nado livre, Breno foi o nadador brasileiro que mais lucrou na competição: 2.500 dólares.

Breno já havia ganho seus primeiros prêmios por competição no desempenho do Campeonato Mundial de Piscina Curta em Hanghzhou, na China, em dezembro, quando ficou em quinto lugar nos 200 metros nado livre e integrou o revezamento campeão e recordista mundial do 4×200 metros nado livre. O saldo do Mundial foram 11.250 dólares.

Por prova assim foram os prêmios de Breno Correia:
Mundial de Piscina Curta
5o lugar nos 200 metros nado livre – 5.000 dólares
Campeão do 4×200 metros nado livre – 10.000 dólares dividido por 4 2.500 dólares
Recorde mundial 4×200 metros nado livre – 15.000 dólares dividido por 4 3.750 dólares
Total 11.650 dólares

TYR Pro Swim Series
Campeão dos 200 metros nado livre – 1.500 dólares
Vice campeão dos 100 metros nado livre – 1.000 dólares
Total 2.500 dólares

No TYR Pro Swim Series de Des Moines, Michael Andrew, com cinco vitórias e um segundo lugar foi quem mais faturou na competição com 9 mil dólares. Como ele já havia ganho 4 mil dólares no TYR Pro Swim Series de Knoxville em janeiro, ele é o líder do circuito desta temporada com 13 mil dólares arrecadado.

Veja a lista de todos os brasileiros que ganharam prêmios pelos resultados de Des Moines:
Breno Correia 2.500 dólares
Felipe Lima 1.500 dólares
Jhennifer Correia 1.500 dólares
Brandonn Almeida 1.000 dólares
Leonardo Santos 500 dólares
Marcelo Chierighini 500 dólares

CBDA divulga índices para os Campeonatos Brasileiros de 2019

0
CBDA logo

CBDA divulgou as tabelas de índices para os Campeonatos Brasileiros de 2019.

Confira:

indicesfemininos indicesmasculinos

Victor Furtado é vice campeão do NCAA Divisão II nos 50 livre

0

Pelo segundo ano consecutivo, Victor Rocha Furtado é vice campeão nacional das 50 jardas livre no NCAA da Divisão II. O nadador paulista que representa a Florida Tech empatou no segundo lugar da prova marcando 19.71 com Giulio Brugnoni da Delta State. Brody Heck da Queens venceu a prova com 19.47.

No ano passado, Furtado havia sido vice campeão com 19.66. Para este ano, ele chegou como melhor tempo da temporada com 19.75. Foi o único nadador brasileiro a subir ao pódio no primeiro dia da competição que vai até sábado em Indianápolis.

Este foi o quarto e último ano de Furtado disputando o NCAA e seus resultados na prova das 50 jardas livre foram:
2016 – 27o
2017 – 10o
2018 – 2o
2019 – 2o

Resultados dos brasileiros Top 8 no primeiro dia:
200 jardas medley masculino
5o Rodrigo Codo Berti da Indianapolis 1:47.21

50 jardas livre feminino
5o Yasmin Preusse da Drury 23.07

50 jardas livre masculino
2o Victor Rocha Furtado da Florida 19.71

Classificação parcial ao final do 1o dia
Feminino
1o Queens 161 pontos
Masculino
1o Queens 165 pontos

Link com os resultados completos:
https://iunat.iupui.edu/content/Other-Information/LiveResults/index.htm

Best Vídeo: Conceito dos pictogramas olímpicos Tóquio 2020

0

Vídeo do Comitê  Organizado Tóquio 2020.

Critérios para formação para a Seleção do Mundial Escolar

0

A Seletiva Nacional do 3o Campeonato Brasileiro Escolar de Natação irá apurar os 24 nadadores que irão representar o Brasil no Campeonato Mundial de Natação Escolar que acontecerá no Rio de Janeiro, em maio. Aqui você vê os detalhes de como será feita a escolha destes atletas em critérios estabelecidos pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar, CBDE.

Convocação para o  Mundial Escolar – Escola
1. Serão convocadas as escolas campeãs no feminino e masculino pela contagem de pontos da Seletiva Nacional.
2. Contagem de pontos para provas individuais 9, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 pontos para os 1o, 2o, 3o, 4o, 5o, 6o, 7o e 8o lugares respectivamente.
3. Contagem de pontos em dobro para as provas de revezamento.
4. As escolas campeãs no feminino e masculino obrigatoriamente terão de inscrever seis nadadores por equipe para participação no Mundial Escolar. Caso a escola campeã não tenha seis nadadores, será substituída pela próxima equipe que apresentar seis nadadores.

Convocação para o Mundial Escolar – Seleção
Serão convocados seis nadadores no masculino e feminino pelos seguintes critérios na sequência em resultados que podem ser obtidos tanto na disputa de Escolar como Seleção.
2. Melhor índice técnico entre a prova dos 50 e 100 metros nado peito.
3. Melhor índice técnico entre a prova dos 50 e 100 metros costas.
4. Melhor índice técnico entre a prova dos 50 e 100 metros borboleta.
5. Melhor índice técnico entre a prova dos 50 e 100 metros nado livre.
6. Melhor tempo da prova dos 200 metros medley.
* Caso o mesmo aluno/atleta convocado pelo critério número 4 e número 6, será convocado o segundo melhor da prova de 100 metros nado livre para uma melhor composição do revezamneto 4×100 metros nado livre.
* Em caso de não preenchimento na quantidade de atletas será adotado os seguintes critérios auxiliares:
A. Segundo melhor tempo da prova de 200 metros medley.
B. Segundo melhor índice técnico nas provas pela ordem 50 e 100 peito, 50 e 100 costas, 50 e 100 borboleta, 50 e 100 livre.

Divulgado detalhes do revezamento da tocha olímpica Tóquio 2020

0

Ainda dentro das comemorações dos 500 dias que faltam para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, foram divulgados os detalhes do revezamento da tocha. Em lema anunciado como “Hope Lights Our Way”, algo como “Fé ilumina o nosso caminho”, o revezamento começa com o acendimento da tocha no dia 12 de março de 2020 na cidade grega de Olímpia.

Antes de chegar ao solo japonês, a tocha olímpica vai fazer um revezamento pela Grécia de 12 a 19 de março. No dia 19 de março acontece a entrega oficial da chama que viaja no dia seguinte para o Japão.

A chegada no Japão está marcada para o dia seguinte, e depois de um procedimento técnico e administrativo, o revezamento pelo território nacional começa a partir do dia 26 de março. Fukushima é a primeira das 47 prefeituras que receberão a tocha.

No total, são 121 dias de revezamento até a entrada triunfal na abertura oficial dos Jogos Olímpicos no dia 24 de julho no Estádio Nacional de Tóquio.

O revezamento da tocha nasceu nos Jogos de 1928 em Amsterdam, na Holanda. A colocação da pira olímpica dentro do estádio, entretanto, foi na edição seguinte, em 1932, em Berlim, na Alemanha.

Cidade Data
1 Fukushima 26-28 Março 2020
2 Tochigi 29-30 Março 2020
3 Gunma 31 Março-1 Abril 2020
4 Nagano 2-3 Abril 2020
5 Gifu 4-5 Abril 2020
6 Aichi 6-7 Abril 2020
7 Mie 8-9 Abril 2020
8 Wakayama 10-11 Abril 2020
9 Nara 12-13 Abril 2020
10 Osaka 14-15 Abril 2020
11 Tokushima 16-17 Abril 2020
12 Kagawa 18-19 Abril 2020
13 Kochi 20-21 Abril 2020
14 Ehime 22-23 Abril 2020
15 Oita 24-25 Abril 2020
16 Miyazaki 26-27 Abril 2020
17 Kagoshima 28-29 Ar. 2020
18 Okinawa 2-3 Maio 2020
19 Kumamoto 6-7 Maio 2020
20 Nagasaki 8-9 Maio 2020
21 Saga 10-11 Maio 2020
22 Fukuoka 12-13 Maio 2020
23 Yamaguchi 14-15 Maio 2020
24 Shimane 16-17 Maio 2020
25 Hiroshima 18-19 Maio 2020
26 Okayama 20-21 Maio 2020
27 Tottori 22-23 Maio 2020
28 Hyogo 24-25 Maio 2020
29 Kyoto 26-27 Maio 2020
30 Shiga 28-29 Maio 2020
31 Fukui 30-31 Maio 2020
32 Ishikawa 1-2 Junho 2020
33 Toyama 3-4 Junho 2020
34 Niigata 5-6 Junho 2020
35 Yamagata 7-8 Junho 2020
36 Akita 9-10 Junho 2020
37 Aomori 11-12 Junho 2020
38 Hokkaido 14-15 Junho 2020
39 Iwate 17-19 Junho 2020
40 Miyagi 20-22 Junho 2020
41 Shizuoka 24-26 Junho 2020
42 Yamanashi 27-28 Junho 2020
43 Kanagawa 29 Junho-1 Julho 2020
44 Chiba 2-4 Julho 2020
45 Ibaraki 5-6 Julho 2020
46 Saitama 7-9 Julho 2020
47 Tokyo 10-24 Julho 2020

 

Veja detalhes completos do Revezamento da Tocha Olímpica Tóquio 2020:

https://tokyo2020.org/en/games/torch/olympic/

PUBLICIDADEFABIOLA MOLINA
SWIM CHANNEL
PUBLICIDADEMANSUR SPORTS