A Pandemia tem sido cruel, em todos os aspectos. E não afetou ou mudou os planos só dos atletas, mas de entidades também. A mudança da data dos Jogos Olímpicos mexeu com muita coisa.

Na Austrália, o holandês Jacco Verhaeren pediu para encerrar seu contrato e depois de sete anos a frente da Seleção Nacional retornou para seu país.

Hoje, foi a vez da CEO, Leigh Russell, dirigente que estava a frente da Swimming Australia desde abril de 2018, após o Commonwealth Games. Com um currículo em passagem como gestora em diferentes entidades e esportes, Russell foi a primeira mulher a comandar a natação da Austrália. Durou pouco e sai sem anunciar o motivo da sua saída.

A Swimming Australia deve anunciar um dirigente para cumprir a função de forma interina até a escolha do novo CEO.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *