Começou hoje em Budapeste a temporada 2 da ISL, a Liga Internacional da Natação e com os mesmos problemas da temporada passada. Contratos de transmissão feitos nas vésperas do torneio, falta de um site de resultados e falta de balizamento. Isso sem contar no modelo de continuar fazendo natação competitiva sem mostrar os tempos. Mesmo assim, o evento foi o que já havia sido na temporada passada, um show.

Grande competição, excelentes resultados. Maior nome da primeira etapa foi a americana Olivia Smoliga nova recordista americana dos 50 metros costas com 25.74, terceira melhor marca da história e apenas sete centésimos do recorde mundial de Etiene Medeiros, 25.67 no Mundial de Doha, em 2014. O recorde americano era de Smoliga com 25.85.

Entre os brasileiros, Felipe Lima foi segundo e Felipe França ficou em terceiro na prova dos 50 metros peito. O vencedor foi Ilya Shymanovic que levou vantagem sobre a dupla nacional no fundamento da saída. Shymanovic esteve na frente o tempo todo e recebeu o ataque dos brasileiros nos metros finais de prova.

Marco Antonio Ferreira Jr. fez parte do revezamento vencedor do 4×100 metros nado livre do LA Current.

Tempos dos brasileiros e outros destaques serão atualizados quando disponíveis.

Lilly King segue sem perder nenhuma prova na ISL. Venceu os 50 e 200 peito no dia de hoje e com 28.86 estabeleceu novo recorde americano nos 50 peito. Esta prova foi a mais disputada de todas, apenas 11 centésimos separando as três primeiras colocadas.

Caeleb Dressel foi batido duas vezes. O nadador que representa Cali Condors perdeu para Tom Shields nos 100 borboleta e depois os 50 metros nado livre para Florent Manaudou. Manaudou foi absoluto nos fundamentos, saída, virada e chegada.

Vencedores de prova do primeiro dia:
100 metros borboleta feminino – Sarah Sjoestroem do Energy Standard 56.00
100 metros borboleta masculino – Tom Shields do LA Current 49.58
200 metros costas feminino – Emily Seebohm do Energy Standard 2:02.70
200 metros costas masculino – Radoslaw Kawecki do Cali Condors 1:48.51
200 metros peito feminino – Lilly King do Cali Condors 2:17.11
200 metros peito masculino – Marco Koch do New York Breakers 2:02.12
Revezamento 4×100 metros nado livre feminino – Energy Standard 3:28.51
50 metros nado livre masculino – Florent Manaudou do Energy Standard 20.63
50 metros nado livre feminino – Sarah Sjoestroem do Energy Standard 23.48
200 metros medley masculino – Andrew Seliskar do LA Currten 1:52.97
200 metros medley feminino – Melanie Margalis do Cali Condors 2:04.06 recorde americano
50 metros peito masculino – Ilya Shymanovic do Energy Standar 25.64
50 metros peito feminino – Lilly King do Cali Condors 28.86 recorde americano
Revezamento 4×100 metros nado livre masculino – LA Current com Marco Antonio Ferreira Jr. abrindo para a equipe que ainda teve Tom Shields, Kirstian Gkolomeev e Maxime Rooney
50 metros costas feminino – Olivia Smoliga do Cali Condors 25.74 recorde americano
50 metros costas masculino – Ryan Murphy do LA Current 22.99
400 metros nado livre feminino – Melanie Margalis do Cali Condors 3:58.43
400 metros nado livre masculino – Danas Rapsys do Energy Standard 3:39.36
Revezamento 4×100 metros medley feminino – Cali Condors 3:47.92
Revezamento 4×100 metros medley masculino – LA Current 3:23.27

Contagem parcial de pontos ao final do primeiro dia:
1o Cali Condors 280
2o Energy Standard 235
3o LA Current 214
4o NY Breakers 154

3 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *