Em um emocionado (e emocionante) comunicado publicado em suas redes sociais (link), Kaio Márcio de Almeida anunciou ontem a sua aposentadoria das piscinas. O paraibano de 35 anos de idade fecha um ciclo fantástico de grandes resultados e quatro participações olímpicas, chegando a final em Beijing 2008.

 

 

Nascido em João Pessoa, 19 de outubro de 1984, Kaio Márcio aprendeu a nadar com o próprio pai, José Márcio, e brilhou desde pequeno nas equipes de categoria do Esporte Clube Cabo Branco. Ele já era campeão nacional infantil quando se mudou para o Rio de Janeiro e passou a fazer parte da equipe do Flamengo. Além do Flamengo também defendeu o Fluminense, Tijuca, Nikita SESI, Unisanta e nos últimos anos nadava pelo Minas Tênis Clube.

 

 

Na sua carreira, bateu dois recordes mundiais, ambos em piscina curta:
17 de dezembro de 2005, 50 metros borboleta, 22.60 no Open em Santos
10 de novembro de 2009, 200 metros borboleta, 1:49.11 na Copa do Mundo em Estocolmo

Em Jogos Olímpicos, seus resultados:
2004, Atenas
17o nos 100 borboleta
19o nos 200 borboleta
15o no 4×100 medley

2008, Beijing
15o nos 100 borboleta
7o nos 200 borboleta
14o no 4×100 medley

2012, Londres
28o nos 100 borboleta
17o nos 200 borboleta
15o no 4×100 medley

2016, Rio de Janeiro
14o nos 200 borboleta

 

 

Kaio ganhou cinco medalhas em Campeonatos Mundiais:
2006, Shangai
Ouro nos 100borboleta
Bronze nos 50 borboleta

2010, Dubai
Prata nos 200 borboleta
Bronze nos 100 borboleta
Bronze no 4×100 medley

Esteve em quatro edições de Jogos Pan Americanos, ganhando medalhas em todos eles:
2003, Santo Domingo
Prata nos 200 borboleta
Prata nos 4×100 medley
Bronze nos 100 borboleta

2007, Rio de Janeiro
Ouro nos 100 borboleta
Ouro nos 200 borboleta
Prata no 4×100 medley

2011, Guadalajara
Ouro no 4×100 medley
Bronze nos 200 borboleta

2015, Toronto
Ouro no 4×200 livre

 

 

Deixa a natação com três recordes sul-americanos em vigor
200 metros borboleta em piscina longa 1:53.92
100 metros borboleta em piscina curta 49.44
200 metros borboleta em piscina curta 1:49.11

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *