O jornal L’Equipe, principal diário esportivo da França, trouxe a notícia nesta sexta-feira. Lara Grangeon, atleta classificada para os 10 quilômetros das águas abertas está retornando para treinar com o técnico Philipe Lucas e seu grupo de fundo em Montpellier. Grangeon, quarta colocada na prova classificatória do ano passado em Gwangju, treinou com Lucas até 2018.

 

 

Depois disso, Grangeon esteve alguns meses com Xavier Idoux, o técnico de formação de Laure Manaudou, e mais recentemente com Damien Cattin-Vidal.

Com o retorno de Grangeon ao seu time, agora, Philipe Lucas terá quatro atletas entre os 20 já classificados para as provas de 10 quilômetros das maratonas aquáticas em Tóquio:
Feminino
4a colocada em Gwangju, Lara Grangeon da França
10a colocada em Gwangju, Sharon van Rouwendaal da Holanda

Masculino
2o colocado em Gwangu, Marc-Antoine Oliveir da França
10o colocado em Gwangju, David Aubry da França

 

 

Na Olimpíada do Rio 2016, Lucas também era o treinador com maior número de atletas nas provas de 10 quilômetros e saiu com duas medalhas, ouro de Sharon van Rouwendaal e bronze com Marc-Antoine Olivier.

Lara Grangeon tem 28 anos de idade e nasceu na Nova Caledônia, arquipélago sob domínio francês no Pacífico. No ano passado, além da vaga olímpica ela também foi bronze na prova dos 25 quilômetros no Mundial de Gwangju. Antes de treinar com Lucas, Grangeon era também uma destacada e versátil nadadora de piscina já tendo inclusive sido recordista francesa dos 400 metros medley em piscina curta.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *