Celebrando a conquista de ontem dos dois brasileiros, reproduzimos aqui um pouco da história rica da Travessia do Canal da Mancha.

Recorde masculino – Trent Grimsey da Austrália 6 horas e 55 minutos em 2012
Recorde masculino ida e volta – Phillip Rush da Nova Zelândia 16 horas e 10 minutos em 1987
Recorde masculino três percursos – Phillip Rush da Nova Zelândia 28 horas e 21 minutos em 1987
Recorde feminino – Yvetta Hlavacová da República Tcheca 7 horas e 25 minutos em 2006
Recorde feminino ida e volta – Susie Maroney da Austrália 17 horas e 14 minutos em 1991
Recorde feminino três percursos – Alison Streeter da Grã-Bretanha 34 horas e 40 minutos em 1990
Recorde em quatro percursos – Sarah Thomas da Grã-Bretanha 54 horas e 10 minutos em 2019

Recorde sul-americano masculino – Adherbal de Oliveira 8 horas e 49 minutos em 2015
Recorde sul-americano feminino – Ana Mesquita 9 horas e 40 minutos em 1993

Único sul-americano a fazer ida e volta – Igor de Souza em 1997

Brasileira mais jovem a completar – Mariana Chevalier Santos com 16 anos em 2020

Maior número de travessias completadas – Alison Streeter da Grã-Bretanha 43 vezes

Nadadora mais velha a completar – Pat Gallant-Charette dos Estados Unidos 66 anos em 2017
Nadador mais velho a completar – Otto Thanning da África do Sul 73 anos em 2014

Nadadora mais jovem a completar – Samantha Druce da Grã-Bretanha 12 anos em 1983
Nadador mais jovem a completar – Thomas Gregory da Grã-Bretanha 11 anos em 1988

Recorde de revezamentos
2 nadadores pela Escócia em 9 horas e 22 minutos em 2005
3 nadadores pelos Estados Unidos em 9 horas e 39 minutos em 2011
4 nadadores pelo Brasil em 8 horas e 22 minutos em 2011

Pelo site oficial do Channel Swimming Association, são 2.504 travessias completadas desde 1875, sendo 1.658 em nadadores de forma individual e 846 revezamentos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *