Algo similar com o que aconteceu em Portugal, onde a Federação Portuguesa de Natação puxou o coro. Na Grã-Bretanha, a Swim England iniciou uma campanha online solicitando a reabertura das piscinas no país. Com a #OpenOurPools ganhando eco entre os principais nadadores do país, incluindo  Adam Peaty, James Wilby e James Guy, até a aposentada Rebecca Adlington engrossou a campanha.

Uma petição online já tinha 45 mil assinaturas até o dia de ontem. Em nota publicada hoje no website oficial da Swim England (link), a diretora executiva Jane Nickerson não esconde a frustração com as respostas e o diálogo que tem recebido do Governo. A campanha é um pedido direto ao Primeiro Ministro Boris Johnson para incluir as piscinas no lento e progressivo processo de reabertura do país.

Nesta última semana foi autorizada a volta de alguns nadadores para centros de treinamento, mas a grande maioria do território da Grã-Bretanha segue sob completo fechamento das estruturas esportivas.

 

 

Na Escócia, ninguém está na água. Na sua edição de fim de semana, o jornal The Post colocou o nadador paralímpico Ollie Hynd na capa e o título: “Nos deixem voltar as piscinas”. Hynd competiu na Paralimpíada do Rio 2016 e ganhou duas medalhas de ouro nos 200 metros medley e 400 metros nado livre classe S8.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *