Saiu o documento oficial da FINA com a punição de quatro anos para o nadador argentino Guillermo Bertola. Anunciada a sua suspensão há duas semanas, o documento do Painel de Doping foi publicado pela FINA e confirma o que já havia sido divulgado:
* suspensão por 4 anos, pena máxima, 20 de janeiro de 2020 a 19 de janeiro de 2024
* cancelamento de todos resultados, medalhas e prêmios no período de 23 de janeiro de 2018 a janeiro de 2020

A punição a Bertola já havia sido destacada por dar a medalha de bronze da prova dos 10 quilômetros dos Jogos Pan Americanos para o nadador brasileiro Victor Colonese.

Com a publicação dá para avaliar melhor o motivo por ter recebido a punição tão rígida. Bertola além dos quatro anos ainda perdeu resultados por dois anos anteriores, praticamente uma suspensão de seis anos.

Já se sabia que Bertola havia feito uma transfusão de sangue, porém o nadador omitiu este fato quando foi consultado pela FINA. O doping de Bertola foi identificado pelo chamado Passaporte Biológico que registra e monitora os testes de sangue que ficam arquivados para comparação. Bertola fez testes nos anos de 2012, 2018 e 2019. Especificamente o resultado do dia 31 de janeiro de 2018 apresentou números incompatíveis com as amostras anteriores.

Através do Painel de Doping e utilizando os especialistas na área as diferencias nos testes geraram um alerta e uma consulta oficial ao nadador em dezembro do ano passado. Bertola teve a oportunidade de responder a solicitação, mas indicou que estava apenas utilizando um treinamento numa câmera hiperbólica e injeções de ferro omitindo a transfusão de sangue.

O Painel de Doping achou as respostas de Bertola insuficientes para as alterações apresentadas e lhe deu mais um comunicado contestando estas diferenças nos resultados dos testes. Foi aí que Bertola indicou que havia feito uma transfusão de sangue da sua mãe no dia 23 de janeiro de 2018. Segundo o nadador argentino ele tem problemas de tireóide e fez a transfusão por recomendação de um médico amigo.

O fato de ter ciência da irregularidade e ter omitido a informação, agravou o caso. Bertola recebeu a punição máxima e aos 30 anos de idade vê sua carreira praticamente ser encerrada pela suspensão.

Veja aqui os detalhes completos da decisão:
decisaoFINA

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *