Foi na semana passada, uma ação enorme dos Carabineri, a polícia italiana, com o apoio de inteligência da Europol, uma apreensão enorme de drogas e a abertura de inquérito contra por tráfico de entorpecentes. A Itália é um dos países que criminaliza o doping esportivo e a ação foi deflagrada após uma investigação de praticantes de musculação na cidade de Turim.

A ação do dia 14 de maio fez busca e apreensão em 210 residências e escritórios de 74 atletas, 11 donos de academias 4 donos de lojas de nutrição. Por enquanto, são 64 atletas respondendo ao inquérito e outros 30 por crimes menores.

A apresenção foi de 4.437 tabletes de 7.778 ampolas, drogas avaliadas em 108 mil dólares.

É antiga a luta criminal contra o doping na Itália. Segundo o próprio site dos Carabineri (link) este combate começou em 1954. Porém, foi partir de 1971, quando o COI publicou a primeira lista de substâncias proibidas, que os Carabineris começaram a aplicar punição e prisão aos infratores.

A lei atual de criminalização do doping é de 2000 e prevê detenção e prisão para quem produz substância ilegal, prescreve, publica e distribui, além de punições mais brandas para quem consume.

Abaixo o vídeo da ação dos Carabineris na ação da semana passada.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *