O Estado de Emergência está declarado no Japão até 31 de maio, mas várias regiões do país já começaram um processo de reabertura. Os últimos dias têm tido ótimos resultados, quedas de infectados e poquíssimas mortes. Nem isso tem sido o suficiente, as piscinas seguem fechadas, para todos.

O Head Coach da Seleção do Japão Norimasa Hirai está impaciente. Tem usado de todas as formas para convencer as autoridades, pressionar a imprensa. São várias postagens diárias em suas redes sociais, cartas enviadas as autoridades.

Hoje, Hirai publicou informações que teve de outros países. Conversou com o treinador alemão Bernd Bekhahn que informou o retorno da Seleção Alemã Principal há três semanas, da Seleção Júnior há duas semanas, dos demais atletas em breve. A primeira competição deve acontecer em outubro, a etapa da Copa do Mundo de Berlim.

Hirai também mencionou que conversou com Fred Vergnoux, treinador francês que está a frente da Seleção da Espanha. Hoje, foi o primeiro dia de treinamento no Centro de Alto Rendimento de Saint Cugat, em Barcelona. Os principais nadadores espanhóis já estavam autorizados a nadar desde a semana passada, faltava Barcelona e Madri, considerados estarem em zona de alta concentração de casos.

Em dias anteriores, ele publicou notas e mensagens de redes sociais de treinamentos acontecendo nos Estados Unidos, na Holanda, na China. Hirai quer, como todos nós, voltar a trabalhar.

O Japão foi um dos últimos países a proibir seus atletas de treinar. A Seletiva Japonesa só foi cancelada após o anúncio da transferência dos Jogos Olímpicos para 2021.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *