O plano é fantástico! Cinco semanas, entre outubro e novembro, 300 nadadores e seus técnicos, 10 equipes, treinando juntas e competindo. Um super encontro em formato de reality show em Gold Coast, o epicentro da natação australiana.

A realidade “aqui fora” parece um tanto diferente.

O Ministro do Turismo da Austrália Simon Birmingham anunciou a suspensão por tempo indeterminado dos vôos internacionais para o país há três semanas. Não há qualquer previsão de quando isso vai acabar, e o pior, já começam a surgir rumores de que se estenda até 2021.

Atualmente, qualquer australiano que esteja retornando a seu país é obrigado a uma quarentena em hotéis determinados pelo Ministério da Saúde por 14 dias. Estrangeiro, nem pensar.

Gold Coast havia sido uma das sedes, a favorita, para receber a edição inaugural do Solidarity Camp que a Liga Internacional de Natação pretendia fazer para substituir o calendário de 27 competições que ficou inviável pela mudança dos Jogos Olímpicos para 2021. As outras cidades mencionadas eram Budapeste, na Hungria, Tóquio, no Japão, e uma cidade não especificada na Flórida, nos Estados Unidos.

Nestes tempos de Pandemia, o que mais tem sido difícil é planejar. A gente nunca sabe o que vai acontecer amanhã.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *