Foi num dia 9 de abril de 1892, há 128 anos que era aprovada a primeira Constituição Estadual do Rio de Janeiro. Na época, sob o Governo do Marechal Floriano Peixoto, e fugindo das agitações do Rio de Janeiro e Niterói, a capital era transferida para Petrópolis. Nascia o Estado do Rio de Janeiro, local de nascimento de 435 atletas olímpicos do Brasil, sendo 53 nadadores.

Veja outros destaques da data do dia 9 de abril no mundo aquático:
* 1931, data de nascimento de um atleta olímpico da equipe brasileira em duas Olimpíadas. Octavio Mobiglia que estaria completando hoje 89 anos de idade. Mobiglia estreou com 21 anos em Helsinque, em 1952, nos 200 metros peito não passando das eliminatórias. Quatro anos depois, voltou para nadar nos Jogos de Melbourne, em 1956, mas foi desclassificado na mesma prova. Mobiglia faleceu em março de 2015 quando tinha 83 anos de idade.

* 1985, Nascia na Bulgária, Mikhail Alexandrov que foi atleta olímpico pelo seu país em 2004 e 2008. A partir de 2009, Alexandrov trocou a nacionalidade para os Estados Unidos chegando a Seleção Americana, mas sem conseguir vaga para a Olimpíada de 2012 e 2016. Alexandrov se aposentou em 2017.

 

Mikhail Alexandrov aqui com o time americano no Mundial de Piscina Curta em 2010

 

* 1986, Mirna Jukic completando 34 anos de idade. Última medalha da Áustria na natação da Olimpíada, foi bronze nos 200 metros peito nos Jogos de Beijing em 2008, sua segunda Olimpíada, pois também esteve em Atenas, onde terminou na sétima posição na mesma prova. Jukic e seu irmão Dinko foram olímpicos pela Áustria treinando com o pai, mas os três nasceram na Sérvia imigrando quando ainda eram crianças. Em 2011, já aposentada das piscinas, Jukic participou do reality show Dancing with Stars versão austríaca.

* 1993, Nascia Richard Bohus, nadador da Hungria que esteve nos Jogos Olímpicos de 2012 e 2016. Na semana passada, Bohus testou positivo para Coronavírus e segue em quarentena por duas semanas em seu país.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *