Sim, o Estado de Emergência declarado a partir de hoje pelo Primeiro Ministro do Japão Shinzo Abe fez a exposição pública da chama olímpica ser cancelada.

A chama estava em exposição em Fukushima, desde o dia 24 de março, data da mudança da data dos Jogos Olímpicos para 2021. Fukushima é uma cidade de muita importância na cultura japonesa especialmente pela capacidade de recuperação e resiliência do seu povo. O local já foi vítima de terremotos, tsunami e um acidente nuclear. O maior de todos foi em 2011 quando mais de 18 mil pessoas morreram.

Na programação do Comitê Organizador Tokyo2020 era manter a chama em exposição pública até o final do mês, porém, com a decisão das autoridades, ela será guardada até o próximo ano quando se iniciará o revezamento da tocha pelo país.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *