Olimpíada de Tóquio em 2021 não vai impedir que Nino Salukvadze entra para a história olímpica. A atiradora da Geórgia de 51 anos de idade já esta classificada para os Jogos e anunciou que a mudança da data não irá atrapalhar seus planos. Salukvadze irá se tornar a primeira mulher a participar de nove edições dos Jogos Olímpicos.

 

 

Atualmente ela divide esta condição com duas outras atletas já aposentadas. Entre homens e mulheres, o recorde de participação olímpica pertence ao canadense Ian Miller do hipismo que durante 40 anos, de 1972 a 2012, esteve em 10 edições dos Jogos Olímpicos. Com nove Olimpíadas, Salukvadze igualará o austríaco Hubert Raudaschi do iatismo e o russo Afanasijs Kuzmins do tiro.

Analisando os números dos atletas que mais participações olímpicas tiveram encontramos:
1 atleta que esteve em 10 Olimpíadas
2 atletas em 9
10 atletas em 8
31 atletas em 7
131 atletas em 6
515 atletas em 5

Entre os brasileiros, Roberto Schmidt vai fazer história em Tóquio. Será a sua sétima Olimpíada, passando a ser, de forma isolada, o mais olímpico dos atletas brasileiros. Atualmente, ele está empatado com o também iatista Torben Grael, Hugo Hoyama do tênis de mesa e Rodrigo Pessoa do hipismo.

Na natação, o turco Derya Buyukuncu e a sueca Therese Alshammar são os recordistas com seis participações olímpicas. Na natação brasileira, é Rogério Romero com cinco presenças olímpicas.

Para a atiradora Nino Salukvadze será o encerramento de uma carreira impressionante. Natural de Tblisi, na Geórgia, em 1o de fevereiro de 1969, estreou nos Jogos de Seul, em 1988, tinha 19 anos de idade onde ganhou duas medalhas, ouro na pistola de 25 metros e prata na pistola de 10 metros. Em oito Olimpíadas, três medalhas, uma de cada cor.

Nestes oito Jogos, ela representou a União Soviética em 1988, o Time Unificado em 1992, e a partir de 1996, a Geórgia, onde nasceu.

 

Natalia Padelnia e Nino Salukvadze em Beijing 2008

 

Na conquista da sua medalha olímpica em 2008, Saalukvadze e a russa Natalia Padelina marcaram um momento muito especial. Rússia e Geórgia estavam em guerra e as duas posaram para os fotógrafos juntas por vários minutos numa bela demonstração do poder do esporte.

Nino Salukvadze além das três medalhas olímpicas ainda acumula na carreira nove medalhas em Campeonatos Mundiais sendo seis ouros, e 12 medalhas no Campeonato Europeu.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *