As datas da 32a Olimpíada ainda não foram anunciadas. A expectatva é de que isso ocorra em breve. COI, Comitê Organizador, patrocinadores e mídia trabalham na definição em combinação com as Federações Internacionais de 33 modalidades. Isto porque a mudança para 2021 impacta diretamente o calendário esportivo já anunciado.

No anúncio feito hoje, os Jogos precisam ser realizados até o verão japonês de 2021. Isso não determina a data, mas o limite de realização que estaria até o dia 23 de setembro.

O Verão japonês chamado de Natsu vai de 21 de junho até 23 de setembro. Olhando nas 31 edições anteriores e tirando as edições dos Jogos de 1900, 1904 e 1908 que duravam entre quatro a cinco meses esparsados, o calendário tem se mantido sempre no chamado “período de verão” do hemisfério norte.

Destas outras 28 edições olímpica, 25 estiveram neste período. As exceções foram os Jogos de 1956 em Melbourne (22 de novembro a 8 de dezembro), 1964 em Tóquio (10 a 24 de outubro) e a Olimpíáda de 1968 na Cidade do México (12 a 27 de outubro).

Uma das alternativas, embora pouco provável, é os Jogos Olímpicos serem realizadas na Primavera japonesa. O chamado Haru vai de 13 de março a 21 de junho. As dificuldades do período não estariam restritas ao conflito da cobertura de mídia com outros grandes eventos esportivos, mas com o calendário escolar japonês, e também com uma grande concentração de enormes feriados tradicionais locais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *