Esperada, e até prevista pelo Blog ontem. O Comitê Olímpico da Alemanha, através do seu Presidente Affons Hormann informou esta manhã, que devido a Pandemia do Coronavírus e a dificuldade para os atletas seguirem seus treinamentos vai oficializar o pedido de transferência dos Jogos para “pelo menos até 2021”.

Ontem, havíamos revelado que uma votação online estava em andamento pela Associação dos Atletas Olímpicos da Alemanha e que determinou, por grande maioria, o pedido pelo adiamento da competição. Esta entidade é muito organizada e representativa. Foi ela que gerou a primeira discussão referente a regra 40 da Carta Olímpica e que, a partir de Tóquio, atletas poderão fazer publicidade de seus patrocinadores pessoais durante a competição.

O Presidente desta associação, o esgrimista Max Hartung, campeão mundial da modalidade, já havia anunciado que não iria aos Jogos e ele já está classificado.

Sem apoio nem em seu país, Thomas Bach vê ameaçado não só o seu plano de fazer os Jogos na data prevista, mas também sua liderança política a frente do Comitê Olímpico Internacional.

Até a publicação deste post, países que já oficializaram o apoio ao #tokyo2021:

Canadá, Austrália, Noruega, Alemanha, Suiça. (pela ordem de anúncio)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *