Nesta época de Coronavírus, todo dia tem coisa nova. Aumentam os casos, o pânico, como também as medidas para contê-lo. Também temos novos fechamentos, suspensões, portarias e decretos.

No mesmo dia que o Comitê Olímpico Internacional, de forma totalmente insensível, anuncia que mantém os Jogos Olímpicos de Tóquio para serem abertos no dia 24 de julho, a CBDA anuncia a mudança de data da Seletiva Olímpica dos dias 20 a 25 de abril para 22 a 29 de junho.

A mudança foi perfeita! O Conselho Técnico aprovou, a comunidade gostou, e o mais importante, os atletas. Eles, receberam a notícia quase como um alívio. Sim, os maiores protagonistas de tudo isso estão bastante prejudicados nestes tempos de Coronavírus.

Alguns, sem treinar, outros treinando de forma inconstante, em condições especiais, mas minimizados nos horários e impedidos de competir.

O Brasil passa a ser junto dos Estados Unidos os dois países que mais tarde irão anunciar suas equipes de natação para os Jogos Olímpicos. A diferença é que os americanos anunciam o time no dia seguinte ao nosso, dia 28 de junho.

Com a mudança, nossos treinadores ganharam 14 semanas de trabalho a patir de agora. Para quem entende de treinamento e planejamento, uma temporada inteira de programa a ser cumprido. Da forma como for, com restrição de piscinas, sem competições, mas levando adiante este danado sonho de ser olímpico.

Para terminar, sou obrigado a dizer algo que não gostaria. Infelizmente, nem a decisão correta da CBDA, nem a incorreta do COI, são definitivas. Em tempos de Coronavírus, tudo pode mudar, nada está garantido.

A gente vai escapar desta.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *