Neste mês, uma clínica internacional foi organizada na Itália com a presença do nadador húngaro Kristof Milak e seu técnico Attila Selmeci. Campeão e recordista mundial dos 200 metros borboleta, Milak apareceu em 2017, quando surpreendendo a todos, com apenas 17 anos, foi medalha de prata nos 100 borboleta do Mundial de Budapeste. Desde então, Milak tem sido o melhor nadador do mundo no ranking dos 200 borboleta culminando com o título e o recorde mundial em Gwangju.

 

Selmeci e Milak

 

Attila Selmeci é um experiente treinador com grandes resultados com outros atletas húngaros. Uma das mais famosas foi Agnes Kovacs, campeão olímpica dos 200 peito em 2000 e prata na mesma prova na Olimpíada anterior em 1996. Com Milak, Selmeci está trabalhando há seis anos.

Detalhe que o borboleta só passou a ser o estilo principal de Milak após o trabalho com Selmeci. Sua evolução é impressionante desde então:

13 anos de idade –
100 borboleta 59.62
200 borboleta 2:09.95

19 anos de idade –
100 borboleta 50.62
200 borboleta 1:50.73 (recorde mundial)

 

Selmeci com o jovem Milak ao seu lado esquerdo

 

Entre as características de Milak, Selmeci revela que seu principal nadador gosta de treinar, adora competir e não gosta de perder. Gosta de novos desafios e isso que tem sido o “segredo” de seu sucesso, sempre em busca de novos objetivos. No programa semanal de Milak, 10 sessões de água por semana, com trabalhos físicos todas as manhãs.

Uma boa comparação técnica foi feita por Selmeci analisando os parciais e o número de braçadas do recorde mundial de Michael Phelps e a performance de Kristof Milak em Gwangju:

PHELPS BRAÇADAS MILAK BRAÇADAS
50 M 24.76 17 24.66 17
100 M 28.12 18 28.22 18
150 M 29.10 20 28.69 20
200 M 29.58 21 29.16 20
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *