Pela segunda vez na carreira, Rogério Karfunkelstein é o Melhor Treinador do Brasil no Troféu Best Swimming. A escolha anterior foi em 2017, ano em que Guilherme Costa explodiu e começou sua sequência de recordes sul-americanos. 

Este ano, seu principal nadador, chegou a 11 recordes sul-americanos na carreira, cinco nos 800, cinco nos 1500 e um na prova dos 400 livre. 

A temporada começou difícil. Costa ficou doente no Troféu Brasil e quase fica de fora do Mundial e do Pan. Depois se recuperou e fez boa temporada de treinamentos na Itália. A expectativa para Gwangju, entretanto, não se confirmou. 

Costa nadou mal, muito mal. Alguns ajustes e uma melhora significativa para ganhar os 1500 metros nado livre no Pan. O final de ano veio com um training camp de três semanas na altitude de Flagstaff, nos Estados Unidos e fechar o ano participando no US Open. Lá, foram três vitórias, três recordes sul-americanos e três índices olímpicos. 

Karfunkelstein não é só “Guilherme Costa”. Seus atletas têm se destacado tanto na representação do Minas Tênis Clube como na equipe que é o treinador principal, o Marina Barra Clube. 

Pelo Painel, Karfunkelstein recebeu 60% dos votos contra outros quatro técnicos. Também foram votados pela ordem: Tiago Moreno, Brett Hawke/Michelle Lenhardt, Alberto Pinto da Silva e Fernando Vanzella. 

ROGÉRIO KARFUNKELSTEIN, é o Treinador do Ano no Brasil no Troféu Best Swimming 2019.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *