Dois anos depois, o Clube Curitibano voltou a ser campeão brasileiro de verão. Agora, na categoria Juvenil, e como há dois anos, de forma inédita. É a mesma geração 2003-2004 do Curitibano campeã no Maurício Bekenn em Porto Alegre em 2017 que levou o Carlos Campos Sobrinho de Vitória. 

 

Confira aqui alguns dados e informações que indicam o belo trabalho feito nas categorias de base do Curitibano. O título de campeão brasileiro juvenil só corrobora o planejamento e a qualidade do trabalho que vem sendo desenvolvido no clube. 

 

Para começar, vale destacar um pequeno histórico do que se passou com esta geração desde então:

 

  • Após o título brasileiro infantil de verão em 2017, o Clube Curitibano voltou a ser campeão brasileiro, agora no Brasileiro Infantil de Inverno em 2018, disputado em piscina curta no Internacional. O grupo, entretanto, foi muito mal no Brasileiro de Verão, terminando num modesto oitavo lugar. 
  • Este ano, o clube voltou a ser campeão, agora no Juvenil de Inverno, em Belo Horizonte. Vitória até fácil, contra o Minas e na casa dele, vantagem de 549 pontos. 
  • A saga dos dois anos, e o quarto título nacional veio com o Brasileiro de Verão, novamente frente ao Minas, agora com uma vantagem de apenas nove pontos. 

 

A primeira comparação que é importante se fazer é do Curitibano Campeão Brasileiro Infantil de Verão em 2017 X Curitibano Campeão Brasileiro Juvenil de Verão em 2019: 

 

Em 2017, pontuação era somente até o oitavo lugar. 

Curitibano campeão com 324 pontos

Corinthians vice com 282,5 pontos

Minas foi apenas 5o colocad ocom 194 pontos

 

Em 2019 pontuação até o 16o lugar 

Curitibano campeão com 1.695 pontos

Minas vice com 1.686 pontos 

 

No quadro de medalhas 

Curitibano no Brasileiro de 2017 , 22 medalhas, 7 ouros, 10 pratas, 5 bronzes 

Curitibano no Brasileiro de 2019,  29 medalhas, 13 ouros, 11 pratas, 5 bronzes 

 

Em número de finais 

Curitibano no Brasileiro de 2017 49 finais 

Curiitibano no Brasileiro de 2019 54 finais 

 

Um dado muito importante, talvez o que mais valoriza o bom trabalho do clube, é a “fidelização” da equipe. 

Curitibano no Brasileiro de 2017, 24 atletas, 10 no masculino, 14 no feminino 

Curitibano no Brasileiro de 2019, 30 atletas, 18 no masculino, 12 no feminino 

 

Dos 24 nadadores campeões brasileiros pelo Curitibano em 2017, 21 estavam na campanha do Brasileiro de 2019. 

 

O grupo recebeu apenas 9 novos nadadores e três do grupo original não estão mais nadando, ou não estavam na competição. 

 

Veja a lista dos 24 nadadores que estiveram nas duas conquistas:

Antonella Hoffmann Maciel 

Augusta Trevisan Guedes 

Bruna de Pádua 

Carlos André Pangracio 

Francisco Felipe Fontana 

Franco Camargo Zapparoli 

Gustavo Saldo 

Henrique Barreto Domingues 

Henrique Ceccato Andrade 

Henrique Novak Bredt 

Isabela Fortes Ribas 

Isabela Coelho Gentil 

Julia de Camargo Gusso 

Luiza Fontes Bonardi 

Maria Elisa Moraes 

Mariana Chevalier Santos 

Marie Louisde Cardoso 

Matheus Furtado Thá 

Nathália Borges Ferreira 

Raphael Rached Windmuller 

Sofia Garcia Santana 

 

Outra comparação que é importante é com a conquista do Brasileiro Juvenil de Inverno deste ano comparada com o título de Verão: 

 

Curitibano no Brasileiro Juvenil de Inverno 2019 16 medalhas, 8 ouros

Curitibano no Brasileiro Juvenil de Verão 2019 29 medalhas, 13 ouros 

 

Diferença expressiva na pontuação 

Brasileiro de Inverno 2.117,5 pontos

Brasileiro de Verão 1.695 pontos 

 

Curitibano melhorou em número de medalhas, vitórias, finais, mas caiu em pontos, especificamente menos pontos por recordes

Brasileiro de Inverno 37 finais 

Brasileiro de Verão 54 finais 

 

Outro ponto interessante é a evolução do Minas Tênis Clube do Brasileiro de Inverno para o Verão. Veja a diferença de pontos do Curitibano campeão nos dois torneios contra o Minas vice:

Brasileiro de Inverno diferença 549 pontos

Brasileiro de Verão diferença 9 pontos 

 

 

1 responder
  1. Joel Ramalho Jr
    Joel Ramalho Jr says:

    Números refletem um grande trabalho. O Minas sempre teve uma verba enorme para sua equipe e inclusive contrata nadadores estrangeiros para disputar os campeonatos nacionais.
    PARABÉNS

    Responder

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *