Um empate, o único em toda a escolha do Painel de Especialistas da Best Swimming. Simone Manuel, primeira mulher a ganhar sete medalhas em um Campeonato Mundial, Regan Smith, três medalhas de ouro e dois recordes mundiais em Gwangju, as duas americanas foram os grandes nomes de 2019.

A escolha não foi fácil, nem para o Painel, nem para a USA Swimming que fez o seu Golden Goggle Awards e decidiu premiar as duas, Manuel como a Melhor do Ano, Smith como a Revelação do Ano. 

No Troféu Best Swimming, as duas são as melhores de 2019. 

Simone Manuel começou mal o Mundial de Gwangju, perdeu um revezamento que parecia ser do time americano. Depois deu a volta por cima vencendo os 100 livre e na sequência os 50 livre nadando na raia 1. O feito de somar sete medalhas em um Mundial lhe torna a maior medalhista da história em uma competição. 

Regan Smith foi para Gwangju para nadar apenas os 200 costas. Quebrou o recorde mundial numa das melhores performances da história. Mesmo sem ter nadado a prova dos 100 costas foi escolhida pela comissão técnica para abrir o revezamento 4×100 metros medley que fechou a competição. E fez a sua parte!

Abriu com recorde mundial e o revezamento, campeão, com recorde mundial. 

SIMONE MANUEL e REGAN SMITH, as Melhores Nadadoras do Mundo no Troféu Best Swimming 2019.  

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *