Pela sexta vez consecutiva, sem perder desde que foi eleita pela primeira vez em 2014, na época por unanimidade, a Melhor Nadadora do Brasil para o Painel de Especialistas da Best Swimming tem sido ela, Etiene Medeiros. 

Este ano foi mais ameaçada, embora seus resultados sigam expressivos. No Mundial de Gwangju foi medalha de prata nos 50 metros costas e parou nas eliminatórias dos 50 metros nado livre. 

Tanto ela como seu treinador esperavam melhor resultado, melhores marcas. Alguns dias depois, ela nada os 50 livre no Pan de Lima e se torna novamente campeã panamericana. A primeira e única brasileira medalhista de ouro no Pan havia feito história em Toronto 2015 nos 100 costas, repetiu em Lima 2019 nos 50 livre. 

Única finalista brasileira no Rio 2016, Etiene segue seu plano e sonho de repetir isso em Tóquio 2020. O projeto olímpico é focar no livre e fazer algo ainda mais especial no próximo ano. 

Jhennifer Conceição, recordista sul-americana dos 50 e 100 peito, e Larissa Oliveira, maior medalhista do Brasil em uma edição de Jogos Pan Americanos, também foram votadas. 

ETIENE MEDEIROS, Melhor Nadadora do Brasil no Troféu Best Swimming 2019.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *