Nos Campeonatos  pela Europa em piscina curta, dois novos recordistas mundiais no final de semana.

 

 

Na Rússia, na 13a Copa Vladimir Salnikov em São Petersburgo, Evgenia Chikunova estabeleceu nova marca para os 200 metros peito marcando 2:17.71. Chikunova, de 15 anos, já era a recordista com os 2:18.54 feitos no Campeonato Russo de Piscina Curta no mês passado.

Em abril, quando tinha apenas 14 anos, Chikunova virou destaque ao vencer o Campeonato Russo na prova dos 200 metros peito deixando Yulia Efimova na terceira colocação. Se fosse seguida a risca, a convocação deixaria Efimova de fora do Mundial de Gwangju, mas a Federação Russa optou por enviar Chikunova ao Mundial Júnior em Budapeste.

 

Pódio surpresa do Campeonato Russo em abril com Chikunova campeã dos 200 peito

 

Na Holanda, no Campeonato Nacional de Piscina Curta, Kenzo Simons quebrou o recorde mundial júnior dos 50 metros nado livre duas vezes. Nas eliminatórias com 21.16 e na final com 20.98. O recorde era do russo Kliment Kolesnikov com 21.24. Simons também quebrou o recorde nacional absoluto da Holanda que era de Jesse Puts com 21.05 desde 2016.

 

Kenzo Simons

 

Simons é nascido no Suriname e disputou diversas competições pelo Caribe no passado, sem grande protagonismo. Seu primeiro grande resultado veio este ano, já nadando pela Holanda, foi medalha de prata nos 50 metros nado livre no Europeu Júnior com 22.10.

No Campeonato Holandês de Piscina Curta em Tilburg, Simons além de vencer os 50 livre (20.98) ainda venceu os 50 borboleta (23.08), ficou em segundo nos 100 livre (47.23) e em terceiro nos 100 medley (54.47).

Abaixo a imagem de Kenzo Simons quando disputou o Sul-Americano Escolar pelo Suriname e ficou com a medalha de bronze nos 100 metros costas em prova vencida pelo brasileiro Matheus Zacarias.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *