A única pontuação acumulada da ISL é a do MVP da temporada, atleta que mais somar pontos durante todas as seis etapas classificatórias e a Grand Finale. O vencedor, apenas um, entre homens e mulheres, foi a sueca Sarah Sjoestroem integrante da equipe do Energy Standard que somou 243,5 pontos. Sjoestroem colocou apenas 3,5 pontos de vantagem sobre Caeleb Dressel do Cali Condors que terminou na segunda colocação, mas com uma competição a menos do que a sueca.

Sjoestroem pela conquista do MVP da temporada faturou 50 mil dólares.

Confira a lista dos 10 maiores pontuadores da temporada inaugural da ISL:
1o Sarah Sjoestroem do Energy Standard 243,5 pontos
2o Caeleb Dressel do Cali Condors 240 pontos
3o Emma McKeon do London Roar 192 pontos
4o Chad Le Clos do Energy Standard 190,5 pontos
5o Olivia Smoliga do Cali Condors 174,5 pontos
6o Florent Manaudou do Energy Standard 169,5 pontos
7o Cate Campbell do London Roar 165,5 pontos
8o Lilly King do Cali Condors 157,5 pontos
9o Minna Atherton do London Roar 157 pontos
10o Beryl Gastaldello do LA Current 156 pontos

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *