Fabíola Molina é a  mais nova ex-nadadora a ocupar um cargo na política esportiva do país. Fabíola foi apontada como a nova Secretária do SNELIS, Secretaria nacional Esporte, Lazer e Integração Social. No antigo Ministério do Esporte, o medalhista olímpico Djan Madruga foi Secretário Nacional de Alto Rendimento por dois anos entre 2007 a 2009. Na mesma função, Luiz Lima esteve no Governo Temer nos anos de 2016 a 2018. Lima deixou o cargo para concorrer para Deputado Federal onde foi eleito no PSL-RJ como o oitavo mais votado do seu Estado e um total de 115.119 votos.

No Estado de Pernambuco, Yane Marques atua em uma função de secretaria de esporte municipal de Recife enquanto Adriana Pereira é Superintendente de Esportes na Divisão da antiga Secretaria de Esportes e Lazer do Governo do Estado. No Mato Grosso, o treinador de natação Jefferson Neves é o atual Secretário Adjunto de Esportes e Lazer. Cyro Delgado, medalhista olímpico do 4×200 livre em 1980, atuou como subsecretário de esportes do Governo do Rio Janeiro entre 2015 a 2017.

Lá fora também temos alguns nomes em destaque. A atual Ministra do Esporte da França, Roxana Maracineanu foi vice campeã mundial dos 200 metros costas. A multi medalhista olímpica e recordista mundial Dawn Fraser ocupou um mandado como deputada na Câmara da Austrália. O atual Presidente da Federação Italiana de Natação e Liga Europeia de Natação Paolo Barelli foi nadador e ainda acumula a função de Senador da República. Ainda na Itália, bem mais famoso, o ator Bud Spencer, que estrelou vários filmes ao lado de Terence Hill, foi o primeiro nadador de seu país a quebrar a barreira do minuto nos 100 metros nado livre. Carlo Pedersoli é seu nome real, e após a carreira de atleta e uma participação olímpica, além dos vários filmes, também teve um período como deputado na Câmara da Itália.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *