Pela segunda vez, em seis etapas da ISL, o MVP não participou das provas de skins onde a pontuação é triplicada. Isso já havia acontecido com Katinka Hosszu na ISL de Budapeste. Le Clos garantiu a conquista do MVP com a vitória dos 200 borboleta com 1:51.97 depois de nadar até os 150 metros atrás do brasileiro Vinicius Lanza que terminou em segundo lugar na prova.

 

 

Top 10 MVP da ISL de Londres
Chad Le Clos do Energy Standard 44,5 pontos
Sarah Sjoestroem do Energy Standard 44 pontos
Emma McKeon do London Roars 43,5 pontos
Duncan Scott do London Roars 40 pontos
Vladimir Morozov do Iron Aquatics 40 pontos
Minna Atherton do London Roars 35 pontos
Katinka Hosszu do Iron Aquatics 34,5 pontos
Florent Manaudou do Energy Standard 33 pontos
Cate Campbell do London Roars 32,5 pontos
Kayla Sanchez do Energy Standard 30,5 pontos

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *