O último dia do Troféu Chico Piscina 2019 não teve nenhum recorde, mas teve mais um tetra campeonato, e com Fernanda Celidônio de Minas Gerais igualando Murilo Sartori e se tornando na segunda nadadora da história da competição com dois tetra campeonatos. Ontem, ela havia sido tetra nos 200 medley, hoje levou o tetra nos 100 costas.

 

 

Veja como foi o último dia de disputas:

100 metros nado livre Infantil feminino
Vitória que valeu o troféu eficiência para Thaiana Amaral, campeã dos 200 livre e vice nos 400, agora levou os 100 fechando a prova com fortes 29.39. São Paulo fez dobradinha mais uma vez com Sophia Coleta passando na frente 28.58, mas volta de 30.07. No final, vitória de Thaiana 58.01 contra 58.65 de Sophia.

Pódio da prova:
1o Thaiana Amaral de São Paulo 58.01
2o Sophia Coleta de São paulo 58.65
3o Celine Bispo da Bahia 59.41

100 metros nado livre Infantil masculino
Uma das surpresas desta competição. Sammer Abdallah do Mato Grosso do Sul foi prata nos 50 e 200 livre, chegou a vez de ganhar a sua primeira prova. Levou os 100 livre passando na frente 26.78 e segurando a volta com 27.99 com 54.77. Vale destacar que no Brasileiro de Verão do ano passado, Sammer ficou em 18o lugar com 59.03.

Pódio da prova:
1o Sammer Campos Abdallah do Mato Grosso do Sul 54.77
2o Vinicius Marques Rizza do Distrito Federal 55.03
3o Vitor Lisboa Pelissari do Paraná 55.23

100 metros nado livre Juvenil feminino
Terceira vitória para Stephanie Balduccini de São Paulo vencendo com 56.98, a única a nadar abaixo dos 57 segundos. Passou em segundo com 27.63, mas voltou melhor, 29.35. Na sua frente no parcial, Giovana Medeiros, sua companheira de Seleção, 27.61, mas com volta de 30.28.

Pódio da prova:
1o Stephanie Balduccini de São Paulo 56.98
2o Giovana Medeiros de São Paulo 57.89
3o Bruna Franco do Rio de Janeiro 59.90

100 metros nado livre Juvenil masculino
Único a nadar para 51 nas eliminatórias (51.88), também foi na final, o baiano Guilherme Caribé Santos voltou a quebrar o 52 para vencer com 51.46. Parciais de 24.83 e 26.63.

Caribé teve problemas momentos antes da prova quando sua touca rasgou momentos antes da partida. Nadou com uma touca jogada da arquibancada e isso lhe desconcentrou um pouco.

Pódio da prova:
1o Guilherme Caribé Santos da Bahia 51.46
2o Lucas Tudoras de São Paulo 52.21
3o Leandro Odorici do Rio de Janeiro 52.43

100 metros costas Infantil feminino
Confirmando favoritismo, Isabela David do Distrito Federal venceu com 1:06.16 passando na frente com 32.30 e voltando 33.86.

Pódio da prova:
1o Isabela David do Distrito Federal 1:06.16
2o Sophia Reis do Paranea 1:07.49
3o Tyara Fernandes Ramos do Espírito Santo 1:09.63

100 metros costas Infantil masculino
Gustavo Cornelius já tinha sido o mais rápido no parcial do revezamento, o melhor nas eliminatórias e na final liderou de ponta a ponta. Venceu com 1:00.50 depios de parciais 29.59 e 30.91.

Pódio da prova:
1o Gustavo Henrique Cornelius do Rio Grande do Sul 1:00.50
2o Daniel Azevedo Gomes da Paraíba 1:01.41
3o Israel Miguel Geraldo de São Paulo 1:02.52

100 metros costas Juvenil feminino
Um dia depois de entrar para o time dos tetra campeões do Troféu Chico Piscina, Fernanda Celidônio agora faz parte do grupo de elite, junto com Murilo Sartori, os únicos a serem tetra campeões em duas provas.

Vitória com facilidade, parciais de 31.01 e 32.51 para 1:03.52. O recorde de campeonato é o da sua vitória no ano passado, 1:03.28.

Pódio da prova:
1o Fernanda Gomes Celidônio de Minas Gerais 1:03.52
2o Julia Karla Goes de São Paulo 1:06.45
3o Nichelly Brandão Lysy de Minas Gerais 1:08.38

100 metros costas Juvenil masculino
Ney Lima Filho de Minas Gerais venceu a última prova individual da competição. O nadador potiguar em seu primeiro ano de Minas, já havia feito sua melhor marca pessoal na abertura do revezamento 4×100 medley misto com 57.59. Agora, venceu a prova com 57.68.

Comparando os parciais das duas provas de Ney Lima Filho
Revezamento 27.94, 29.65, 57.59
Prova individual 28.10, 29.58, 57.68

Pódio da prova:
1o Ney Lima Filho de Minas Gerais 57.68
2o Flávio Henrique Oliveira de São Paulo 59.22
3o Lucca Cruz Tonin de Santa Catarina 59.52

Revezamento 4×100 metros medley Infantil feminino
Vitória de São Paulo numa capacidade de reação incrível. Depois de passar os dois primeiros parciais na quarta colocação, subiu para o terceiro no parcial de borboleta e só foi tomar a ponta no parcial final.

Parciais das campeãs:
Laura Xavier 1:12.02
Anna Beatriz Machado 1:18.17
Giulia Misael Pereira 1:05.85
Thaiana Amaral 58.16

Pódio da prova:
1o São Paulo 4:34.20
2o Paraná 4:35.45
3o Rio de Janeiro 4:36.73

Revezamento 4×100 metros medley Infantil masculino
Outra prova com alternância de lideranças. O Rio de Janeiro, na altura dos 200 metros estava em sexto lugar. Os parciais de borboleta e livra acabaram determinando uma virada e a vitória do time carioca.

Parciais da equipe campeã:
Cauet Rocha 1:05.47
Ian Klapper Pedroso 1:12.35
João Pierre Campos 56.57
Alan Camargo 55.01

Pódio da prova:
1o Rio de Janeiro 4:09.40
2o São Paulo 4:10.25
3o Minas Gerais 4:12.94

Revezamento 4×100 metros medley Juvenil feminino
Minas Gerais tomou a ponta e só foi perder para São Paulo no parcial final. Vitória paulista com os seguintes parciais:

Julia Karla Góes 1:07.48
Clara Regina Nascimento 1:15.28
Stephanie Balduccini 1:02.31
Giovana Reis Medeiros 57.62

Pódio da prova:
1o São Paulo 4:22.69
2o Minas Gerais 4:25.12
3o Paraná 4:26.27

Revezamento 4×100 metros medley Juvenil masculino
A última medalha de ouro da competição saiu para o Paraná. Mesmo abrindo em quinto lugar no parcial de costas, desde o parcial de peito com Raphael Rached Windmuller a equipe passou a frente para não perder mais. No final, quase três segundos de vantagem sobre o segundo lugar.

Parciais da equipe campeã
Pedro Henrique de Souza 1:01.53
Raphael Rached Windmuller 1:03.51
Gustavo Saldo 53.80
Vinicius Viebrantz 52.00

Pódio da prova:
1o Paraná 3:50.84
2o Rio de Janeiro 3:53.78
3o São Paulo 3:55.35

Link dos resultados completos:
http://www.cbda.org.br/cbda/natacao/evento/33516/campeonato-internacional-infantil-e-juvenil-de-natacao

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *