Um resumo do Campeonato Mundial Júnior de Budapeste, na Hungria, encerrado no domingo. Confira os detalhes.

Estados Unidos lideraram o quadro geral de medalhas da competição em campanha recorde, tanto no total, 37 medalhas, como no número de ouros, 18 douradas. A melhor campanha anterior havia sido no Mundial Júnior de Indianápolis em 2017, 30 medalhas e 11 ouros. Em Budapeste, a Seleção Americana somou 37 medalhas, 18 ouros, 10 pratas e 9 bronzes.

Um total de 20 países ganharam medalhas no Mundial, e 12 deles ganharam pelo menos uma medalha de ouro. O Brasil ficou na 19a colocação empatado com a Bulgária com uma medalha de bronze.

Na disputa por pontos, o chamado Championships Trophy:
1o Estados Unidos 1.117 pontos
2o Rússia 740 pontos
3o Austrália 550 pontos
4o Canadá 510 pontos
5o Itália

Brasil terminou em 11o lugar com 141 pontos. Um total de 52 nações somaram pelo menos um ponto na disputa.

Melhores performances da competição:
Masculino
Franko Grcic da Croácia 14:46.09 1500 metros nado livre 949 pontos
Josh Matheny dos Estados Unidos 2:09.40 200 metros peito 938 pontos
Shoma Sato do Japão 2:09.56 200 metros peito 934 pontos
Gabor Zombori da Hungria 3:46.06 400 metros nado livre 922 pontos
Thomas Neill da Austrália 3:46.27 400 metros nado livre 920 pontos

Melhor performance masculina do Brasil na competição foi Bernardo Bondra nos 100 metros borboleta 52.37 860 pontos

Feminino
Jade Hannah do Canadá 59.63 100 metros costas 920 pontos
Bronte Job da Austrália 27.83 50 metros costas 911 pontos
Benedetta Pilato da Itália 30.35 50 metros peito 909 pontos
Claire Curzan dos Estados Unidos 1:00.00 100 metros costas 903 pontos
Daria Vaskina da Rússia 27.91 50 metros costas 901 pontos

Não tivemos nenhuma performance brasileira feminina na lista das 80 melhores relacionadas pela FINA.

Premiação do melhor atleta da competição
Masculino
Andrei Minakov da Rússia 13 pontos
Franko Grcic da Croácia 12 pontos
Thomas Ceccon da Itália 12 pontos
Wyatt Davis dos Estados Unidos 10 pontos
Vladislav Gerasimenko da Rússia 10 pontos
Luca Urlando dos Estados Unidos 10 pontos

28o lugar Murilo Sartori 2 pontos

Feminino
Lani Pallister da Austrália 18 pontos
Jade Hannah do Canadá 13 pontos
Torri Huske dos Estados Unidos 13 pontos
Alba Vazquez Ruiz da Espanha 10 pontos
Evgeniia Chikunova da Rússia 10 pontos
Gretchen Walsh dos Estados Unidos 10 pontos

Maiores medalhistas da competicão:
1o Gretchen Walsh dos Estados Unidos 6 medalhas, 6 ouros
2o Torri Huske dos Estados Unidos 6 medalhas, 5 ouros, 1 prata
3o Luca Urlando dos Estados Unidos 5 medalhas, 5 ouros
4o Carson Foster dos Estados Unidos 5 medalhas, 4 ouros, 1 prata
5o Amy Tang dos Estados Unidos e Justina Kozan dos Estados Unidos 4 medalhas, 4 ouros
6o Andrei Minakov da Rússia 7 medalhas, 3 ouros, 4 pratas

Foram quebrados um total de 18 recordes de campeonato e 8 recordes mundiais júniors.

Nos recordes de campeonato
6 dos Estados Unidos
3 da Austrália
3 da Itália
2 da Hungria
1 da Espanha, Croácia, Grécia, Rússia

Nos recordes mundiais
4 dos Estados Unidos
1 da Espanha, Croácia, Grécia, Rússia

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *