São 24 países que garantiram vagas nas provas de revezamento para os Jogos Olímpicos de Tóquio. As vagas foram obtidas ao terminar em 12o lugar nas provas eliminatórias do Mundial de Gwangju.

Apenas quatro países conseguiram garantir todos os sete revezamentos na Olimpíada: Estados Unidos, Austrália, Rússia e Alemanha. As quatro vagas restantes para os revezamentos olímpicos serão apuradas no ranking mundial em provas reconhecidas e oficializadas pela FINA/COI.

A grande chance dos revezamentos femininos e o revezamento medley misto do Brasil é obter marcas expressivas na disputa dos Jogos Pan Americanos de Lima.

MASCULINO

4×100 LIVRE 4×200 LIVRE 4×100 MEDLEY
Estados Unidos Austrália Grã-Bretanha
Rússia Rússia Estados Unidos
Austrália Estados Unidos Rússia
Itália Itália Japão
Grã-Bretanha Grã-Bretanha Austrália
Brasil China Brasil
Hungría Brasil China
França Alemanha Alemanha
Japão Japão Belarus
Grécia Israel Canadá
Alemanha Polônia Lituânia
Polônia Suiça Hungría
     

FEMININO

4×100 LIVRE 4×200 LIVRE 4×100 LIVRE
Austrália Austrália Estados Unidos
Estados Unidos Estados Unidos Austrália
Canadá Canadá Canadá
Holanda China Itália
China Rússia China
Suecia Hungría Japão
Japão Alemanha Suécia
Alemanha Japão Grã-Bretanha
Rússia Polônia Alemanha
Hong Kong Nueva Zelanda Holanda
República Checa Hong Kong Suiça
Polônia Coréia do Sul Rússia

MISTO 

4×100 MEDLEY
Austrália
Estados Unidos
Grã-Bretanha
Rússia
Canadá
Itália
Alemanha
Holanda
Belarus
Polônia
Israel
Hungría

REVEZAMENTOS CLASSIFICADOS POR PAÍS:

PAÍS MASC. MASC. MASC. FEM. FEM. FEM. MISTO
  4×100 L 4×200 L 4×100 M 4×100 L 4x200L 4×100 M 4x100M
Estados Unidos x x x x x x x
Austrália x x x x x x x
Rússia x x x x x x x
Alemanha x x x x x x x
Japão x x x x x x
China x x x x x
Grã-Bretanha x x x x x
Itália x x x x
Canadá x x x x x
Brasil x x x
Hungría x x x x
Polônia x x x x x
Israel x x
Suécia x x
Belarus x x
Holanda x x x
Hong Kong x x
Suiça x x
Grécia x
Rep. Tcheca x
Nueva Zelanda x
Coréia do Sul x
Lituânia x
França x  
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *