Desde que a FINA introduziu o sistema de pontos para a premiação do Championships Trophy, os americanos nunca perderam o título nos Mundiais de Natação. Eles já foram derrotados no quadro de medalhas por quatro vezes, duas pela Alemanha Oriental (1982 e 1986), uma pela China (1994) e outra pela Austrália (2001).

Em Gwanju, o título veio com 220 pontos de vantagem sobre a Austrália, somando mais pontos no masculino, no feminino e a mesma quantidade nas provas mistas.

O Brasil terminou na 11a colocação do Mundial somando 228 pontos, 212 feitos nas provas masculinas, 16 nas provas femininas. Em 2017, o Brasil ficou em 10o com 237 pontos. Em Budapeste, fez a mesma pontuação no masculino, mas somou 25 pontos no feminino.

Na história dos Mundiais, a melhor colocação do Brasil foi no Mundial de Roma em 2009, terminando na 9a colocação. Apenas duas vezes, 2009 e 2017, o Brasil terminou no Top 10.

Classificação final do FINA Championships Trophy do Mundial de Gwangju
1o Estados Unidos 931 pontos
2o Austrália 711 pontos
3o Rússia 592 pontos
4o Itália 443 pontos
5o China 442 pontos
6o Grã-Bretanha 414 pontos
7o Japão 366 pontos
8o Canadá 359 pontos
9o Hungria 318 pontos
10o Alemanha 233 pontos
11o Brasil 228 pontos

1 responder
  1. ll mm
    ll mm says:

    Basta de PROVAS DE 50m!!!
    O Brasil só sabe nadar PROVAS DE 50m?
    Parabenizo a ANA MARCELA CUNHA, essa sim representou bem a NATAÇÃO brasileira em provas de gente grande! ANA MARCELA, ao contrário de BRUNO FRATUS nadou provas enormes de 5.000m, 10.000m e 25.000m e não reclamou tanto de cansaço como o BRUNO que nadou seus CINQUENTINHAS metros!
    Provas de 50m são pra nadadores MIRIM e PETIZ! Quero ver os brasileiros nadando provas de GENTE GRANDE e medalhando!
    Que saudade de TIAGO PEREIRA que nadava 200 e 400 m e medalhava… Quantos pontos o Brasil marcou em PROVAS OLÍMPICAS que é o que interessa?
    Mas tenho esperança nos 100 m peito de JOÃO LUIZ GOMES JÚNIOR,que fez um tempaço de 58.80 no revezamento e acho que pode tranquilamente fazer uma final de 100 m peito em TOKYO!

    Responder

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *