São cinco nomes que preciam ser citados André Cordeiro, Eduardo Santos, Sérgio Onha Marques, Marcelo Vaccari e Felipe Umezawa. Todos técnicos que atuam diretamente com as equipes júnior e da ponta do Minas Tênis Clube nesta temporada.

O clube fez uma bela competição para conquistar o título de campeão brasileiro júnior de inverno depois de 10 anos de jejum. E foi uma apresentação de qualidade para uma equipe que havia sido vice no ano passado com mais de 1.000 pontos atrás. No Brasileiro de Verão, o clube ficou em terceiro lugar.

Desta vez, em Colombo, na piscina do Santa Mônica Clube de Campo, o título veio até com certa facilidade. Mais de 400 pontos de vantagem sobre o Corinthians. Foi a equipe líder no quadro de medalhas, tanto no total, como no número de vitórias, no maior número de finais, no maior número de recordes batidos, venceu quatro dos sete revezamentos sendo que todos com novos recordes de campeonato.

Entre os atletas, o Minas levou o Troféu Eficiência no Júnior I masculino com Victor Baganha, no Júnior I feminino com Giulia Carvalho e no Júnior II masculino com Pedro Muschioni Cristo.

Uma campanha bem expressiva e que merece o reconhecimento. Parabéns a toda comissão técnica pelo excelente resultado e o prêmio de Melhores Treinadores do Brasileiro Júnior de Inverno, Troféu Tancredo Neves 2019.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *