O equilíbrio que parecia no primeiro dia se foi na segunda etapa do Campeonato Brasileiro Júnior de Inverno, Troféu Tancredo Neves, em Colombo, no Paraná. O Minas venceu 5 provas e quebrou dois recordes de campeonato. Entre suas vitórias, venceu três dos quatro 200 metros nado livre e fez o pódio completo dos 200 livre Júnior II feminino.

200 metros nado livre Júnior I feminino
Dobradinha para o Corinthians, vitória (esperada) para Sofia Rondel, seu segundo ouro marcando 2:02.39 com uma boa melhora de tempo para Marcella Ribeiro terminando em segundo com2:03.29. Parciais de Sofia: 29.29, 59.81 (30.52), 1:31.35 (31.54), 2:02.39 (31.40).

Pódio da prova
1o Sofia Rondel do Corinthians 2:02.39
2o Marcella Ribeiro do Corinthians 2:03.29
3o Maria Fernanda Costa do Flamengo 2:05.61

200 metros nado livre Júnior II feminino
Pódio completo para o Minas, ocupando os três primeiros lugares da prova. Ana Carolina Vieira dominou desde o início vencendo com 2:03.31.

Pódio da prova
1o Ana Carolina Vieira do Minas 2:03.31
2o Camila Lins Melo do Minas 2:03.62
3o Fernanda Andrade do Minas 2:05.97

200 metros nado livre Júnior I masculino
Primeiro título nacional para Arthur Micael Souza do Minas vencendo com 1:54.08 tomando a ponta somente nos últimos 50 metros. Seus parciais 26.72, 55.92 (29.20), 1:24.54 (28.62), 1:54.08 (29.54).

Pódio da prova
1o Arthur Micael Souza do Minas 1:54.08
2o Tiago Camargo do SESI SP 1:54.52
3o Lincoln Cunha do Flamengo 1:54.94

200 metros nado livre Júnior II masculino
A melhor prova do dia e novo recorde de campeonato para Pablo Henrique Vieira, na terceira vitória consecutiva do Minas na noite. André Luiz Calvelo da Unisanta saiu forte e teve a liderança até o último parcial. Na última virada, Calvelo estava 83 centésimos a frente de Pablo. O parcial final de Pablo com 27.75 foi implacável para vencer e quebrar o recorde que era de Luiz Altamir Melo do Flamengo desde 2015 com 1:50.17.

Pódio da prova
1o Pablo Henrique Vieira do Minas 1:49.69
2o André Luiz Souza da Unisanta 1:49.80
3o Lucas Peixoto do União 1:50.09

100 metros costas Júnior I feminino
Sem dificuldades, e mesmo nadando dois segundos acima do seu melhor, Alexia Assunção do Pinheiros venceu com 1:05.60 com parciais de 31.52 e 34.80.

Pódio da prova
1o Alexia Assunção do Pinheiros 1:05.60
2o Daniela Makariewicz do União 1:07.49
3o Laura Poli do Esperia 1:08.21

100 metros costas Júnior II feminino
Outra vitória fácil, esta com melhor nível. Fernanda de Goeij do Curitibano levou com 1:02.98 parciais de 30.97 e 32.10. O recorde de campeonato ainda é dela, 1:02.10 no Brasileiro do ano passado.

Pódio da prova
1o Fernanda Goeij do Curitibano 1:02.98
2o Camila Lins Mello do Minas 1:04.65
3o Bruna Leme do Corinthians 1:05.81

100 metros costas Júnior I masculino
Gabriel Almeida Oliveira do Corinthians foi quem saiu na frente (27.83), Vinicius Kohns da APAN Indaial virou em segundo com 28.09, mas teve volta de 29.90 para vencer com 57.99, sua primeira vez abaixo dos 58 segundos.

Pódio da prova
1o Vinicius Khons da APAN Indaial 57.99
2o Victor Melo Baganha do Minas 58.39
3o Lucas Sasso Brittes do SESI SP 59.16

100 metros costas Júnior II masculino
Dobradinha do Corinthians com Kainan de Jesus sendo o único a quebrar a barreira dos 57 segundos. No ano passado, Kainan perdeu a prova na chegada para João Victor Pena embora depois tenha sido o mais rápido no revezamento. Na sua vitória de hoje parciais de 27.72 e 29.10 para 56.73.

Pódio da prova
1o Kainan de Jesus do Corinthians 56.73
2o Victor Alcará do Corinthians 57.10
3o Isaac Saraiva do Minas 57.42

100 metros borboleta Júnior I feminino
Sempre muito veloz, desta vez Thaciane Lima do Corinthians passou atrás, na frente Bianca Loureiro da Unisanta 29.75 contra 30.22. Na volta, Thaciane tomou a ponta e venceu com 1:03.59, as duas na casa do 1:03.

Pódio da prova
1o Thaciane Garcia Lima do Corinthians 1:03.59
2o Bianca Loureiro da Unisanta 1:03.83
3o Giulia Carvalho do Minas 1:04.08

100 metros borboleta Júnior II feminino
A briga ficou entre a prata e bronze, Maria Amália Verzola do SESI ganhou com quase dois segundos de vantagem sobre a segunda colocada. Parciais de 29.40 e 33.44 para 1:02.84.

Pódio da prova
1o Maria Amália Verzola do SESI SP 1:02.84
2o Natália Amano do Curitibano 1:04.77
3o Maria Clara Felix Tirulli do Corinthians

100 metros borboleta Júnior I masculino
Minutos depois da prata nos 100 costas, ouro para Victor Baganha com um segundo de vantagem sobre o seu companheiro de clube Avelar Hostalacio. Parciais de Baganha 25.84 e 29.14, 54.98.

Pódio da prova
1o Victor Melo Baganha do Minas 54.98
2o Avelar Hostalacio do Minas 55.99
3o Vitor Franco do Flamengo 56.33

100 metros borboleta Júnior II masculino
De volta ao seu clube formador, vitória para Julio Ito da Apan Maringá sendo o único na casa dos 54 segundos. Venceu com 54.81 com parciais de 25.39 e 29.42.

Pódio da prova
1o Julio Ito da Apan Maringá 54.81
2o João Paulo Silva do Corinthians 55.66
3o Antoniel Santos do União 55.86

400 metros medley Júnior I feminino
Na frente a partir do parcial de costas, Laura Paludo do União venceu com 5:06.86, quase cinco segundos na frente da segunda colocada. Seus parciais 1:09.84, 2:27.64, 3:56.84 e 5:08.86.

Pódio da prova
1o Laura Paludo do União 5:08.86
2o Maria Fernanda Costa do Flamengo 5:13.17
3o Alexia Assunção do Pinheiros 5:16.20

400 metros medley Júnior II feminino
Segunda prova e segunda vitória do dia para Fernnada de Goeij do Curitibano, esta com novo recorde de campeonato marcando 4:53.41. O recorde era de Nathalia Almeida do Flamengo desde 2014 com 4:53.86.

Pódio da prova
1o Fernanda de Goeij do Curitibano 4:53.41 recorde de campeonato
2o Bruna Leme do Corinthians 4:55.59
3o Beatriz Dizotti do Minas 5:02.26

400 metros medley Júnior I masculino
Mesmo sem chegar perto do seu melhor (4:32.73), vitória sem dificuldades para Lincoln Cunha do Flamengo com 4:38.12. Seus parciais 1:01.86, 2:16.03, 3:36.47 e 4:38.12.

Pódio da prova
1o Lincoln Cunha do Flamengo 4:38.12
2o Luis Fernando Oliveira do Minas 4:40.30
3o João Victor Caballero do Iate Clube de Brasília 4:45.29

400 metros medley Júnior II masculino
Prova de bom nível, vitória para Vinicius Assunção do Fluminense que só tomou a liderança a partir do peito para não perder mais. Foi o único abaixo do 4:30 com parciais de 1:01.27, 2:11.07, 3:27.77 e 4:28.68.

Pódio da prova
1o Vinicius Assunção do Fluminense 4:28.68
2o Pedro Muschioni Cristo do Minas 4:30.31
3o Iovani Oliveira do Flamengo 4:34.67

Revezamento 4×100 metros medley Júnior misto
Segunda vitória de revezamento do Minas na competição, segunda com recorde de campeonato. Isaac Saraiva abriu de costas 57.84, Ana Carolina Vieira fez 1:10.71 de peito, Victor Baganha 54.54 de borboleta e Camila Lins Melo fechou 56.12 de crawl. Fizeram o recorde de 3:59.21 quebrando a marca 3:59.94 do Corinthians do ano passado.

Pódio da prova
1o Minas 3:59.21 recorde de campeonato
2o Corinthians 4:01.13
3o União 4:06.71

Classificação parcial ao final do segundo dia:
1o Minas Tênis Clube 1.354 pontos
2o Corinthians 1:14.49 pontos
3o Clube Curitibano 532 pontos
4o Flamengo 520 pontos
5o União 477 pontos
6o SESI SP 439 pontos
7o Unisanta 428 pontos’
8o Fluminense 270 pontos
9o Pinheiros 249 pontos
10o Iate Clube de Brasília 85 pontos

Resultados completos do segundo dia de finais:
2aetapafinais

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *