Estamos terminando o primeiro semestre do ano pré-olímpico e até agora, apenas cinco nadadores ao redor do planeta conseguiram quebrar a barreira dos 48 segundos na prova dos 100 metros nado livre masculino. É quase que impensável para a prova olímpica mais antiga da natação mundial nadar para 48 seja o suficiente para almejar qualquer coisa a nível internacional.

Estes cinco nadadores que conseguiram fazer 47 em 2019 pertencem a cinco países diferentes e apenas dois deles conseguiram fazer isso mais de uma vez. O australiano Kyle Chalmers, líder do ranking mundial de 2019, é quem lidera esta disputa também, são 4 vezes nadando abaixo dos 48. O russo Vladislav Grinev, a novidade desta lista, fez isso três vezes e todas na mesma competição. Os outros na lista do Clube do 47, Marcelo Chierighini, Caeleb Dressel e Duncan Scott fizeram só uma vez.

Veja a lista dos nadadores que conseguiram quebrar o 48 em 2019:
Kyle Chalmers da Austrália 47.35 na Seletiva Australiana em junho
Vladislav Grinev da Rússia 47.43 no Campeonato Russo em abril
Marcelo Chierighini do Brasil 47.68 no Troféu Brasil em abril
Caeleb Dressel dos Estados Unidos 47.86 no TYR Pro Swim Series de Atlanta em maio
Duncan Scott da Grã-Bretanha 47.87 no Campeonato Britânico em abril

Os 47s de Kyle Chalmers
47.35 na Seletiva Australiana em junho
47.48 no Campeonato Australiano em abril
47.89 no Campeonato de New South Wales em março
47.91 na Seletiva Australiana (eliminatórias) em junho

Os 47s de Vladislav Grinev
47.43 no Campeonato Russo na semifinal em abril
47.65 no Campeonato Russo na final em abril
47.74 no Campeonato Russo na eliminatória em abril

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *