A Best Swimming faz uma correção da postagem que mencionou o pódio “inédito” de dois irmãos gêmeos Selzler Silva na mesma prova em Campeonatos Brasileiros de Natação. Alertados por internautas, revisamos a história e os irmãos Quirin já haviam conquistado isso no Campeonato Brasileiro Infantil de Verão de 2006, Troféu Maurício Bekkenn realizado em Goiânia.

Higor e Hiuri Selzler Silva do AAC Semel de Cascavel subiram juntos no pódio dos 200 metros costas Juvenil I no Brasileiro Juvenil de Inverno neste final de semana em Belo Horizonte. Higor venceu a prova com 2:11.71 empatado com Lucas Tudoras do Paineiras e Hiuri chegou em terceiro com 2:12.11, apenas quatro décimos atrás.

A primeira vez, que isso havia acontecido foi há 13 anos, e foi em duas provas.

Hugo Quirin

No dia 3 de novembro de 2006, na prova dos 200 metros medley Infantil I. Os irmãos Quirin eram um sucesso nas categorias de base do Sport Recife. A dupla filha de pai francês e mãe pernambucana brilhava em torneios desde o Mirim. Eram recordes e mais recordes.

Hugo Quirin nadou os 200 peito e nas eliminatórias quebrou o recorde de campeonato com 2:31.17. Na final, soltou se poupando para o confronto com o irmão nos 200 medley. Ainda sim venceu com 2:41.71.

Hugo Quirin com seu treinador Raul Fuentes

Na prova dos 200 medley, Gaetan com borboleta e costas melhor saiu na frente, conseguiu abrir quatro segundos do irmão que cresceu no segundo parcial, mas não o suficiente. Gaetan campeão com 2:22.61, Hugo vice com 2:23.39.

Dois dias depois, os dois na final dos 100 metros peito. Hugo, o favorito, venceu com recorde de campeonato com 1:08.00 com Gaetan em segundo com 1:12.56.

Hugo e Gaetan Quirin deixaram o Brasil no ano seguinte. O pai, diplomata da França, primeiro foi transferido para o Chile e posteriormente para a França. A dupla seguiu nadando por mais alguns anos e Gaetan chegou a fazer resultados mais expressivos a nível nacional. Os dois, hoje tem 26 anos de idade, e vivem na França.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *