Vive grande fase a jovem fundista da argentina Delfina Pignatiello. Depois de vencer os 400 metros nado livre no Mare Nostrum de Monaco, ficando a um centésimo do seu recorde argentino, hoje ficou em segundo lugar nos 800 metros nado livre do Mare Nostrum Canet quebrando o seu recorde sul-americano.

Pignatiello fez uma bela prova contra uma velha rival, a húngara Ajna Kesely. As duas tem se alternado no pódio internacional desde o Mundial Júnior de 2017, quando Pignatiello venceu, nos Jogos Olímpicos da Juventude quando deu Kesely, e hoje nova vitória da húngara.

No final, as duas nadando em divisão negativa, apenas oito centésimos de diferença. Vitória de Kesely com 8:24.25 contra 8:24.33 de Pignatiello. Isso apaga o recorde sul-americano que ela tinha do Mundial Júnior de 2017 com
8:25.22.

Confira os parciais de Pignatiello e veja que bela divisão negativa ela fez:
100 – 1:02.14
200 – 2:06.23, 1:04.09
300 – 3:10.07, 1:03.84
400 – 4:14.17, 1:04.10
500 – 5:17.20, 1:03.03
600 – 6:20.84, 1:03.64
700 – 7:24.10, 1:03.26
800 – 8:24.33, 1:00.23

A cada 400 metros 4:14.17 e volta de 4:10.14.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *