Artigo para ser curtido e compartilhado com a garotada que esteve pela primeira vez num Campeonato Brasileiro em Belo Horizonte.

O primeiro a gente nunca esquece. Aprendemos isso num comercial de sutiã (faz tempo), mas vale para muita coisa. O tal do primeiro Campeonato Brasileiro é inesquecível, sempre.

Este texto, é para você nadador infantil que enfrentou em Belo Horizonte este primeiro desafio, ou seria sonho, mas jamais pesadelo. O primeiro Campeonato Brasileiro marca a entrada num novo nível de sua carreira esportiva. É a abertura de uma nova etapa, de novos parâmetros, mas principalmente comprometimentos.

Este Brasileiro foi a última vez que você irá chorar quando não conseguir o resultado que você esperava (Tá bom, estou forçando a barra, deveria ser, estou sendo mais honesto).

Brasileiro é a competição que você nada sem saber o que vai esperar. Tem gente que você nunca ouviu falar e vai te enfrentar, ou tem aqueles outros que você só ouviu falar em posts de Facebook, no Instagram, e na página de resultados da CBDA ou alguma matéria na Best Swimming.

No Brasileiro, você não vai mais conhecer todos os seus adversários, alguns bem desconhecidos e outros, que mesmo sem nunca terem aparecido em Brasileiros já são “famosos”. Isso deixa as provas imprevisíveis. Vai ter gente balizada com o índice que acaba no pódio, ou até mesmo ganhando a prova.

Todos vocês, sem exceção. Ficaram nervosos. A barriga girava, as mãos suavam, a vontade de ir ao banheiro constantemente e os bocejos sem ter um pingo de sono.

Estas emoções e sentimentos dos últimos dias, mesmo que negativos, marcam uma nova fase na sua carreira de atleta. Saiba que o Brasileiro de Inverno, o primeiro de muitos de vocês não é o fim, apenas o começo. Vai ter gente que vai voltar muito mais forte para o Verão, outros nem tanto, talvez até fique gente pelo caminho.

Sei que a pressão que vocês sentiram, o nervosismo, a tensão, foi a maior da jovem carreira até hoje. Mas, desculpa em ser sincero, isso só fica maior. Quanto maior o desafio, maiores serão as expectativas, e as cobranças.

O que você passou ou sentiu no Brasileiro é o início, é algo que vai ficar marcado na sua carreira para outros desafios, ainda maiores, ainda mais significativos.

O Brasileiro sempre foi e sempre será positivo. Independente de você ter ganho a sua medalha de ouro, ou subido ao pódio, ou chegado a final, ou simplesmente melhorado o seu tempo. O Brasileiro foi a chance de você fazer parte de uma elite, ali estavam os melhores nadadores do país na sua idade, e você faz parte disso!

Neste esporte não há qualquer garantia. Não sabemos se os campeões do Brasileiro serão olímpicos, não existe esta certeza. Já tivemos exemplos de atletas que passaram por Brasileiros sem brilhar e no apogeu de suas carreiras chegaram a Seleção Brasileira Adulta. Tem o reverso também, aqueles que brilharam desde o primeiro dia até chegar a alta performance.

Assim, o bom de tudo isso é que você estava lá, em Belo Horizonte. Foi o seu primeiro Brasileiro e que seja apenas o primeiro de muitos e de muitos sonhos, de muitas conquistas, de realizações e vitórias.

Desde já, por ter estado com vocês nestes dias, já me sinto reconfortado. Um dia, quem sabe não poderei comentar, eu estava no seu primeiro Brasileiro, quem diria…

Parabéns garotada!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *