10 anos, 8 de maio de 2009, Felipe França se tornava no primeiro nadador da história a quebrar a barreira dos 27 segundos nos 50 metros peito. Foi no Troféu Maria Lenk, no Centro Aquático Maria Lenk, seletiva para o Mundial de Roma.

Foi nas eliminatórias que França marcou 26.89 superando os 27.06 do recorde anterior do sul-africano Cameron van der Burgh estabelecido três semanas antes no Campeonato Nacional de seu país. No dia seguinte, França venceu a final marcando 27.25.

O recorde de 26.89 foi superado dois meses depois, no dia 28 de julho, na semifinal do Campeonato Mundial de Roma por van der Burgh com 26.74. Na final do dia seguinte, van der Burgh voltou a bater marcando 26.67. Neste dia, França foi medalha de prata atrás do sul-africano com 26.76.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *