Em competições classificatórias e em busca de índices para os Jogos Pan Americanos e Campeonato Mundial de Gwangju, alguns recordes nacionais estão sendo batidos por nadadores dos países da América do Sul. A Best Swimming compilou cinco deles ocorridos nos últimos dias em competições internacionais.

Perú
No Campeonato Canadense disputado na semana passada em Toronto, McKenna DeBever bateu três recordes nacionais
100 metros borboleta
1:00.81, batendo sua própria marca de 1:00.82

200 metros medley
2:15.53, batendo sua própria marca nas eliminatórias 2:16.47 e a marca anterior que também era dela 2:16.52

Uruguai
Nos Estados Unidos, onde treina na equipe do Gators Swim Club, Enzo Martinez quebrou o recorde dos 50 metros nado livre com 22.60 apagando a marca de Gabriel Melconian que se mantinha desde o Sul-Americano Absoluto de 2012 com 22.73.

Equador
Na final dos 400 metros medley do TYR Pro Swim Series, ontem em Richmond, Tomas Peribonio chegou em segundo lugar na prova com 4:16.87. O recorde anterior era 4:17.02 dele mesmo feitos na Copa do Mundo de Doha, no ano passado. Peribonio faz parte do time do Gators Swim Club da Flórida.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *