Ilya Shymanovich de Belarus teve uma competição e tanto no final de semana. Foi o maior destaque masculino do Meeting do Mediterrâneo em Marseille, na França, ao vencer os 100 metros peito com 58.29, novo recorde nacional de seu país, novo recorde da competição e se tornando no segundo melhor nadador da história da prova.

Shymanovich tinha como melhor marca pessoal 59.40 feitos no Campeonato Nacional de Belarus no ano passado. Ele também quebrou o recorde nacional nos 200 peito marcando 2:11.38.

Com 58.29, Shymanovich se tornou no 15o nadador da história a fazer a prova abaixo dos 59 segundos. Dos 15 nadadores, apenas oito se mantém em atividade.

Veja a lista de todos os nadadores integrantes do Clube do 58 de 100 peito:

57.10 Adam Peaty da Grã-Bretanha
58.29 Ilya Shymanovich de Belarus
58.46 Cameron van der Burgh da África do Sul
58.58 Brenton Rickard da Austrália
58.64 Hughes Duboscq da França
58.64 Kevin Cordes dos Estados Unidos
58.64 James Wilby da Grã-Bretanha
58.67 Igor Borysik da Ucrânia
58.71 Alexander Dale Oen da NOruega
58.78 Yasuhiro Koseki do Japão
58.79 Cristian Sprenger da Austrália
58.87 Cody Miller dos Estados Unidos
58.90 Kosuke Kitajima do Japão
58.92 Zibei Yan da China
58.96 Eric Shanteau dos Estados Unidos
58.96 Giedrius Titenis da Lituânia

Ilya Shymanovich treina com Elena Malyusko em Minsk, Belarus. É recordista nacional de seu país nos 50, 100 e 200 metros peito, em piscina longa e piscina curta.

Natural de Minsk, Belarus, nasceu em 2 de agosto de 1994, tem 24 anos de idade. No Mundial de Piscina Curta em Hangzhou, na China, em dezembro passado, ficou com a medalha de prata nos 50 e 100 metros peito. Outra medalha internacional foi na Universíades de 2017 quando ganhou a medalha de ouro empatado com o ameicano Andrew Wilson na prova dos 100 metros peito com 1:00.15.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *