A natação paralímpica brasileira continua em progressão. Com índices e exigências cada vez maiores, a evolução é incontestável. O nível do padrão estabelecido é, no mínimo, desafiador.

 

A resposta, entretanto, tem sido a melhor possível. Leonardo Tomasello é o responsável por esta filosofia de alta performance. No comando de seu grupo no Centro Paralímpico Brasileiro conseguiu alguns dos melhores resultados da temporada.

 

Ganhou a responsabilidade de assumir o treinamento e programa de Daniel Dias e seguiu com o belo trabalho e resultados de Phelipe Rodrigues.

 

Leonardo é o Melhor Treinador Paralímpico de 2018 derrotando dois treinadores com destaque nas classes baixas da natação nacional: Leonardo Miglinas, Fabiano Quirino além de Antonio Cândido.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *