FABIOLA MOLINA

Não é a primeira vez que Alberto Pinto da Silva, o Albertinho vence o Troféu Best Swimming como melhor treinador do Brasil. Porém, foi a mais apertada de todos. Desta vez, bateu por um voto a Felipe Domingues, treinador de Nicholas Santos e Leonardo de Deus.

Albertinho foi o treinador de três dos quatro nadadores que conquistaram o ouro no revezamento 4×100 metros nado livre no Pan Pacífico em agosto. No comando da equipe, conseguiu armar o grupo de forma eficiente e, como ele mesmo faz questão de ressaltar, com os melhores tempos de troca da prova.

Ele não estava na comissão técnica do Mundial de Piscina Curta em Hangzhou, mas Breno Correia, um de seus atletas, foi dos mais destacados nadadores da equipe, melhor parcial dos revezamentos 4×100 e 4×200 metros nado livre.

A caminho de Tóquio 2020, Albertinho comanda o clube mais poderoso e qualificado da natação brasileira. Pela segunda temporada consecutiva a equipe brilha e domina com facilidade todas as competições absolutas do país.

Na votação, além do muito bem votado Felipe Domingues, também estavam na votação e foram votados os treinadores Fernando Vanzella e Allan Vitória.

Deixe uma resposta