FABIOLA MOLINA

Não existe entre os nadadores da atualidade, alguém entre os homens que seja mais dominante que Adam Peaty. Aos 23 anos de idade, ele tem as melhores 11 melhores performances da história dos 50 metros peito e as 14 melhores nos 100 metros peito.

 

Em 2018, ele explodiu num controverso recorde mundial, primeiro em 57.00 e menos de 24 horas depois revisto para 57.10 num mal funcionamento do sistema de cronometragem eletrônica do Campeonato Europeu. O recorde já foi homologado pela FINA, e Peaty reconhecido pelos seus feitos.

 

A escolha do Troféu Best Swimming bate com a decisão da revista Swimming World que também apontou o inglês como o melhor de 2018. Na votação bateu o russo Vladimir Morozov, o Rei da Copa do Mundo, e que teve memoráveis performances neste ano.

 

Também foram citados:

Kliment Kolesnikov da Rússia, Ryan Murphy dos Estados Unidos e Xu Jiayu da China.

Deixe uma resposta