Foi a nona vez que Felipe Lima quebrou a barreira do minuto nos 100 metros nado peito. A segunda vez que ele faz isso sem estar polido e descansado. Os 59.61 da medalha de ouro em Doha, no Catar, passa a ser a sua melhor marca pessoal em temporada superando os 59.73 feitos na semana passada em Kazan.

Abaixo veja a lista de todos os 59s de Felipe Lima e seus respectivos parciais.

59.32, Troféu Maria Lenk 2017, eliminatória
27.51, 31.81

59.48, Mundial 2017, semifinal
27.52, 31.96

59.61, Copa do Mundo Doha 2017, final
27.74, 31.87

59.62, Mundial 2017, eliminatória
27.59, 32.03

59.65, Mundial 2015, final
27.27, 32.38

59.73, Copa do Mundo Kazan 2018, final
28.02, 31.71

59.78, Troféu Maria Lenk 2015, eliminatória
28.13, 31.65

59.84, Mundial 2013, semifinal
27.77, 32.07

59.91, Open 2017, final
27.94, 31.97

Melhor parcial 50 metros 27.27, na medalha de bronze em 2013, 59.65
Melhor volta 50 metros 31.65, Maria Lenk 2015, 59.78

Se conseguir colocar os dois melhores parciais juntos 58:92

1 responder

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *