Hoje, 25 de agosto, celebrando os 2 anos que faltam para os Jogos Paralímpicos Tóquio 2020, o IPC, International Paralympic Committee publicou 20 notas em destaque para a próxima edição da competição:

1) Jogos Paralímpicos 2020 serão de 25 de agosto a 6 de setembro e vão reunir 4.400 atletas competindo em 22 esportes e 540 provas.
2) Badminton e taewkwondo são os dois esportes que farão a estreia no movimento paralímpico.
3) O mascote dos Jogos Paralímpicos é Someity, vem da palavra someiyoshino, uma espécie de flor de cerejeira tradicional do Japão.
4) Pela primeira vez na história, as medalhas serão confeccionadas de material reciclado.
5) Tóquio 2020 é a segunda Paralimpíada consecutiva da Ásia, na sequência de três com Pyeongchang 2018, Tóquio 2020 e Beijing 2022.
6) Japão já sediou a Paralímpiada de Inverno em 1998 com 562 atletas de 31 países competindo em cinco esportes de 34 provas.
7) Esta será a primeira Paralimpíada onde será utilizado o sistema de reconhecimento facial.
8) Estados Unidos é o país líder do quadro de medalhas das Paralimpíadas com 2.179 medalhas sendo 771 ouros, 700 pratas e 708 bronzes.
9) A americana Trischa Zorn é a atleta paralímpica mais medalhada da história com 32 medalhas de ouro, nove pratas e cinco bronzes alcançadas nos Jogos de 1980 a 2004.
10) A Vila Olímpica e Paralímpica vai ter 21 prédiso com 8.000 camas para os Jogos Paralímpicos. Obra prevista para ser entregue em novembro de 2019.
11) A TV japonesa NHK fez uma novela baseada na história do Dr. Yutaka Nakamura, médico que lutou contra algumas injustiças na realização dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 1964.
12) NHK também tem promovido o esporte paralímpico através de desenhos animados e séries.
13) Segundo o Governador de Tóquio, Yuriko Koike, o sucesso da Paralímpiada é a chave para o sucesso completo de Tóquio 2020.
14) A Tokyo Sky Tree, torre mais alta da cidade, ficou colorida com as três cores do Agitos na data que marcou os 1.000 dias que faltavam para os Jogos Paralímpicos.
15) Chances do Japão na Paralimpíada estão com os jogadores de tênis de cadeira de rodas Shingo Kunieda e Yu Kamiji, além do nadador Keichi Kimura e o paracorredor Tomoki Sato.
16) Desde 2017, estudantes de 6 a 12 anos tem recebido instrução para o engajamento no movimento e esportes paralímpicos no Japão.
17) Além da Olimpíada e Paralimpíada, o Japão ainda recebe nos próximos dois anos a Copa do Mundo de Rugby em 2019.
18) A Ásia recebe outros eventos paralímpicos como o Campeonato de Levantamento de Peso da Ásia e Oceania em Kitakyushu, no Japão e os Jogos Para Asiáticos em Jacarta, na Indonésia.
19) Um programa específico de sustentabilidade está sendo usado pela primeira vez na organização dos Jogos.
20) O legado de inteligência e informação foi firmado em contrato entre os Comitês Tóquio 2020 e Paris 2024 minimizando custos e operações para as próximas edições dos Jogos.

Fonte: Comitê Paralímpico Internacional

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *