A prova de águas abertas dos Jogos ODESUR quase foi cancelada. A Represa La Anostura apreseentou uma temperatura de 16,3 graus centígrados. Segundo a regra da FINA, o mínimo é 16 graus para que a prova seja autorizada a ser disputada. Atletas vestindo wetsuit cinco desistências (três homens e duas mulheres) e muita gente passando mal ao final. Desde os mais experientes até os estreantes. Foram muitos casos de hipotermia.

O Brasil saiu sem medalhas da prova. Henrique Figueirinha terminou em quarto lugar na prova, porém nos metros finais seguia na disputa mais para completar do que disputar. Saiu da água com sinais fortes de hipotermia. Quem não resistiu foi Mariana Vignoli que teve de abandonar a prova na altura dos 6 quilômetros.

Pódio feminino da prova

O Equador dominou a modalidade. Esteban Enderica e Samantha Arévalo foram os campeões tendo os dois também participado das provas de piscina.

Pódio masculino da prova

Resultado da prova feminina
1o Samantha Arévalo Salinas do Equador 2:05.49.00
2o Romina Soledad Imwinkelried da Argentina 2:06.47.00
3o Nataly Rosalia Caldas Calle do Equador 2:10.25.00
Mariana Vignoli abandonou a prova na altura dos 6 quilômetros

Resultado da prova masculina
1o Esteban Enderica do Equador 1:52.01.52
2o Diego Armando Vera da Venezuela 1:52.19.89
3o Wilder Afonso Carreño Mendoza da Venezuela 1:54.50.94
4o Henrique Figueirinha do Brasil 1:56.37.12

Treinadores e dirigentes fazem foto antes da prova

Link para os resultados completos:
Feminino
https://www.cochabamba2018.bo/competencias/esquema/4/competencia/6221

Masculino
https://www.cochabamba2018.bo/competencias/esquema/4/competencia/6223

Quadro de medalhas das águas abertas
Equador 2 ouros, 1 bronze, 3 medalhas
Venezuela 1 prata, 1 bronze, 2 medalhas
Argentina 1 prata, 1 medalha

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *