O fim da temporada universitária americana deste ano marcou o início da dança das cadeiras de treinadores nas equipes. O mercado foi surpreendido por algumas aposentadorias como a de Gregg Troy que deixou a Universidade da Flórida para se dedicar ao programa profissional do Gators Swim Club, especificamente para trabalhar com Caeleb Dressel e Ryan Lochte até Tóquio 2020. Entre as trocas, algumas afetaram diretamente os nadadores brasileiros que treinam e/ou estudam nos Estados Unidos.

Brett Hawke deixou o cargo de head coach da Universidade de Auburn depois de 10 anos no comando da equipe. Hawke ainda não definiu seu destino, mas já firmou um acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro e vai estar com Bruno Fratus na sua preparação até os Jogos de 2020. Hawke foi convocado na semana passada pela CBDA para integrar a Seleção Brasileira no Pan Pacífico de agosto, no Japão.

Entre as opções de Hawke está a criação de um grupo profissional de atletas em preparação até a Olimpíada. Enquanto não define detalhes deste programa, o técnico está em Coral Springs onde acompanha diariamente o trabalho com Fratus. Neste final de semana, os dois viajaram juntos para ministrar uma clínica no estado da Virgínia

Com a saída de Brett Hawke de Auburn, a universidade decidiu renovar por completo o seu coaching staff. Sérgio Lopez que treinava Marcelo Chierighini e Felipe Lima foi preterido do cargo de head coach para a chegada de Gary Taylor, treinador que estava na North Carolina State. Lopez foi para a Virginia Tech onde assumiu a condição de head coach.

Para o cargo de Taylor na North Carolina State, o escolhido foi Mark Bernardino que era treinador de fundo e meio fundo na South Carolina onde treinava Brandonn Almeida.

Nestas trocas de técnico, Marcelo Chierighini dificilmente ficará em Auburn. Já está formado e faz parte do grupo de profissionais. A dúvida fica com a situação de Brandonn que havia sido recrutado por Bernardino e mesmo com a temporada acidentada que teve ainda conseguiu bons resultados.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *