São 10 anos de diferença, Cesar Cielo e seu antigo recorde de 18.47 feitos na abertura do revezamento 4×50 livre de Auburn no NCAA de 2008 e Caeleb Dressel e seus 17.63 ontem na prova das 50 jardas livre do NCAA 2018. Neste período, os trajes caíram em 2010, e Dressel quebrou este recorde seis vezes e nadou 13 vezes abaixo disso.

Vale aqui uma análise técnica das duas provas, especialmente pelo fato de que Cielo se mantém como o segundo homem mais rápido até hoje, apenas Dressel na sua frente.

Cesar Cielo, NCAA 2008
18.47
1o parcial 10 braçadass 8.50
2o parcial 14 braçadas 9.97
Total 24 braçadas 18.47

Caeleb Dressel, NCAA 2018
17.63
1o parcial 8 braçadas 8.48
2o parcial 11 braçadas 9.15
Total 19 braçadas 17.63

Acima se vê que Dressel não é muito mais veloz do que Cielo nos primeiros 25, apenas dois centésimos. A diferença se determina no segundo parcial onde consegue, com três braçadas a menos, nadar 82 centésimos mais rápido.

Ainda referente a prova de Dressel, sua volta de 9.15 foi mais rápida do que a volta de três dos oito finalistas. Aliás, o mais rápido nos primeiros 25 foi Ryan Hoffer da California com 9.07, apenas oito centésimos mais rápido do que a volta de Dressel mesmo saindo de cima do bloco.

Veja as duas provas:

3 respostas
  1. DDias
    DDias says:

    André,
    isso é uma piscina de Jardas.O limite de 15 metros são quase 3/4 da piscina.O efeito a olho nu é bem diferente de uma piscina longa.Ele nem conseguiria dar 11 braçadas em apenas 7,5m naquela velocidade(se ele estivesse estourando o limite do submerso).

    Rodrigo,
    acho que a velocidade nadada do Dressel é muito alta(2.5m/s).Ele pode não bater, mas acho que tem chances de chegar beem perto.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *