Fernando Scheffer, vindo do Grêmio Náutico União foi campeão do Open nos 200 metros nado livre, sua namorada Gabriela Ferreira, também atleta do União, destaque na piscina e nas águas abertas, Thayanne Cardoso, nadadora de medley vindo da Indaiatubana, a velocista Ana Carolina Vieira vinda do Corinthians e o fundista Matheus Cruz Ferreira, também vindo do Corinthians, foram anunciados pelo Minas Tênis Clube como os reforços para a temporada 2018.

Treinador Kiko Klaser e Fernando Scheffer

Scheffer vem de uma temporada espetacular no União onde terminou o ano como o melhor nadador do Brasil na prova dos 200 metros nado livre com 1:47.40. Formado nas categorias menores do clube gaúcho, fez uma despedida nas suas redes sociais com agradecimento a vários profissionais desde o início com o Mário Alberto Leite nas primeiras disputas competitivas até chegar a Seleção Brasileira Absoluta com Kiko Klaser.

A evolução de Scheffer nos 200 metros nado livre é impressionante:
2009 – 2:46.84, 11 anos, categoria Petiz I
2010 – Não nadou a prova, categoria Petiz II
2011 – 2:11.35, 13 anos, categoria Infantil I
2012 – 2:01.46, 14 anos, categoria Infantil II
2013 – 1:55.83, 15 anos, categoria Juvenil I
2014 – 1:52.83, 16 anos, categoria Juvenil II
2015 – 1:49.68, 17 anos, categoria Júnior I
2016 – 1:49.70, 18 anos, categoria Júnior II
2017 – 1:47.40, 19 anos, categoria Júnior II

A primeira participação de Fernando Scheffer em campeonatos nacionais lhe colocou em 10o lugar no Brasileiro Infantil de 2011. No ano seguinte, depois de ser quarto colocado nos 200 metros nado livre no Brasileiro de Inverno, subiu pela primeira vez ao pódio no Brasileiro Infantil de Verão com uma medalha de bronze.

Desde então, todos os anos, Fernando Scheffer esteve nos pódios em campeonatos nacionais. Em 2013, prata no inverno e bronze no verão. Em 2014, foi vice campeão do Chico Piscina, prata no inverno e bronze no verão. O primeiro título nacional veio em 2015, campeão do Julio de Lamare repetido em 2016 e o tri campeonato em 2017, desta vez com o título do Open associado.

Em disputas absolutas, Scheffer ganhou sua primeira medalha no Troféu José Finkel de 2016 vencendo a prova dos 200 livre. No final do ano, foi bronze no Open e ganhou sua primeira convocação para o Mundial de Piscina Curta em Windsor, no Canadá. No ano passado, ele foi prata no Maria Lenk, campeão do Finkel e campeão do Open.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *