Um dos mais cobiçados e disputados Troféus da premiação Best Swimming. O critério de elegibilidade é ter subido ao pódio em campeonatos nacionais absolutos pela primeira vez. Na lista de muitos nomes, seis foram selecionaados pela Best Swimming.

Dois disputaram voto a voto na mais equilibrada disputa de todas as premiações. Pedro Spajari do Pinheiros bateu Fernanda Goiej do Curitibano por apenas um voto.

Pedro Spajari. Campeonato Mundial de Natacao no OCBC Aquatic Centre. 29 de agosto de 2015, Cingapura. Foto: Satiro Sodre/SSPress

Depois de um ano de maus resultados em 2016, Spajari ainda ficou de fora do time do Mundial de Budapeste, mas iniciou sua virada com o vice campeonato dos 100 metros nado livre no José Finkel. No Open, repetiu a prata nos 100 livre, e também foi finalista com destaque nos 50 e 200 metros nado livre.

Pedro Spajari. Torneio Open de Natacao, Trofeu Julio Delamare, Trofeu Daltely Guimaraes na UNIFA. 08 de Dezembro de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Desde 2015, Spajari não conseguia baixar todas as suas marcas na mesma temporada, coisa que fez com maestria neste 2017.

De revelação a realidade, Pedro Spajari colocou neste ano o seu nome na briga por uma das vagas no cobiçado revezamento 4×100 metros nado livre do Brasil rumo a Tóquio.

Concorreram ao prêmio de Revelação do Ano no Brasil:
Fernanda Goeij do Curitibano, Beatriz Dizotti do Pinheiros, Kauê Silva Carvalho do Corinthians, Arthur Pedroso do Corinthians e Fernanda Celidônio da ASBAC Aquanaii.

Revelação do Ano no Troféu Best Swimming 2017 é Pedro Spajari.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *