Foi um ano interessante para Ana Marcela Cunha. Começar a temporada em recuperação de uma complicada cirurgia para extração do baço. Algumas dúvidas sobre sua saúde, troca de técnico e programa.

A resposta veio no Mundial de Budapeste, campeã dos 25 quilômetros, bronze nos 5 e 10, única nadadora da competição a subir ao pódio nas três provas. Vice campeã do Circuito da Copa do Mundo e completou a temporada com o título nacional pela nona vez.

Ana Marcela Cunha. XXII Campeonato Brasileiro 10km, no Clube da APCEF, lago Paranoa. 17 de Setembro de 2017, Brasilia, DF, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Escolhida pela quarta vez como a Melhor Nadadora do Mundo pela FINA e pela primeira vez pelo site SwimSwam, Ana Marcela Cunha termina mais uma temporada positiva na carreira.

Ana Marcela. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Lake Balaton. 21 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Rumo a novos desafios, começa 2018 treinando e morando na África do Sul. Ana Marcela segue firme no sonho de conquistar a tão desejada medalha olímpica em Tóquio 2020.

Concorreram na disputa deste ano:
Viviane Jungblut do União e Betina Lorscheitter do União.

Troféu Best Swimming Melhor Nadadora de Águas Abertas do Brasil é Ana Marcela Cunha.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *